É para isso que o blog existe:

.

Oi Fernanda, tudo bem? Fará um mês que conheci o seu blog e me apaixonei de cara. Adoro as dicas de look e cuidados com o cabelo que vc dá. Nasci em Nilópolis, mas desde os 2 anos moro aqui em São Paulo, capital.
 
Quero dizer que, assim como muitas garotas que visitam o seu blog, eu AMO o seu cabelo. Também tenho o cabelo crespo, mas há anos eu uso relaxamento. Fiquei dependente de escova por um bom tempo, depois resolvi deixá-lo frisado, no começo ficou bonito, mas com o tempo ele foi perdendo a forma, principalmente pela falta de cuidado.
 
Bem, essa ladainha toda é pra dizer que tomei a decisão de abandonar a química nos meus cabelos e assumi-lo ao natural graças ao seu blog. Não sei como é aí no Rio, mas aqui as negras adoram formol e chapinha. São poucos os salões especializados em cabelos étnicos, os que tem focam mais em tranças, químicas e entrelaçamentos. Como já disse, amei o seu cabelo e vc me inspirou a tomar essa decisão. Então gostaria de saber se vc usa alguma química além da tintura pra deixar os cachinhos, mas pelo que vi nas suas fotos de “antes e depois” vc deve estar com o cabelo natural mesmo. Mas nao custa nada perguntar, né? rsrsrs… Vc citou no blog alguns produtos q vc usa pra cuidar definir os cachinhos, mas queria saber mais detalhes, qual vc gosta mais.
 
Desde já agradeço a sua atenção. Parabéns pelo ótimo blog e continue assim, mostrando o que há de mais lindo na nossa raça, sem precisar perder a identidade. É como diz minha amiga, “nada de ser nega fubá” rsrsrsrs…
 
Obrigada!
Beijos!!
Aline Conceição

.

Aline querida,

São e-mails como o seu que me enchem de orgulho por ter criado o blog, por mostrar a cara, por falar tudo que vem à cabeça. Antes de tudo, obrigada.

Mas já que o assunto é cabelo, vamos ao que interessa: a idéia aqui é encher de creme mesmo, prontofalei! uahuahuha Claro que a gente tem que encontrar o melhor produto pra juba e essas coisas, mas acho que o cabelo é uma extensão da nossa personalidade, e por isso acabo mudando muito… e até estragando um pouco.

Fiz relaxamento por anos (comecei com uns 11 anos), e parei há mais ou menos 4 anos, porque coloquei tranças. Fiquei 2 anos com tranças e, quando tirei, achei que o cabelo estava bom, sabe? E meio que resolvi não fazer o relaxamento de novo, pq queria ser loira e cacheadona, tipo a Taís Araújo estava na época.

Não foi fácil não, Aline. O cabelo estava bem curtinho e seeeeco toda a vida. Fui hidratando, deixando crescer, cortando, e hoje ele é 100% relaxamento free, sabe? E estou amando tingir, coisa que nunca pude fazer por causa da mistura de químicas.

Creme de cabelo eu experimento vários. Hoje estou usando um da Altamoda, uma empresa que tb faz tintura de cabelo, e nas pontas passo um pouco do Small Talk, da Tigi, que é importado e comprei pela internet. Mas uma coisa que gosto muito de fazer é ir nessas lojas de cabelereiros e ver o que o vendedor(a) me indica – mas não vá a lojas que tem promotores! Eles vão sempre vender a marca para a qual foram contratados!

Espero ter ajudado! Qualquer dúvida é só falar!

Beeeijos

.

 Oi Fernanda!!
 
Muito obrigada por responder ao meu e-mail!
 
Amei suas dicas! Nunca usei trança no cabelo. Na infância, minha mãe usava chapinha baiana no nosso cabelo. Imagina a beleza que ele era? rsrsrs… Depois comecei a relaxar o cabelo com hidróxido de sódio e agora uso guanidina. É ótimo pra quem gosta de chapinha, mas, pelo menos no meu cabelo, não ajudava a definir os cachos. Pensei em fazer permanente, mas por ser uma química muito forte, não poderia tingir o cabelo e eu adoro tingir.
 
Semana passada fui a um salão porque viajei este final de semana para Balneário camboriu e queria dar um jeito no meu cabelo antes disso. Meu cabelo chegava na nuca e quando disse q queria cortá-lo curtinho e parar com a química, a cabeleileira só faltou me bater. Achou um absurdo eu querer parar com a química, disse q eu não aguentaria, mas fui firme e forte. Cortei o cabelo, já que a química deixou ele podre mesmo e agora vou cuidar até ele crescer bastante. Não imaginava que uma cabeleileira que se dizia “étnica” fosse tão preconceituosa quanto a isso. Ela deveria estar preparada para aceitar nosso cabelo do jeito que é, não é verdade?
 
Aqui em São Paulo tem muitas lojas assim, cheia de promotores vendendo produtos e sonhos. Muitas dessas promotoras são cabeleileiras que desistiram de trabalhar em salão, mas mesmo assim não ajudam em nada. Caí várias vezes e me decepcionei. Por isso é bom pedir a opinião de quem já usou um produto, vou seguir as suas dicas!
 
Muito obrigada mais uma vez pela atenção!! Pode usar o meu e-mail sim, com certeza! Ficarei muito feliz. Eu tenho um blog também, mas é voltado à musica. Se quiser dar uma olhadinha, o endereço é
www.daftpunkbrasil.blogspot.com .
 
Beijossss!!!
 
Aline Conceição

Advertisements

24 thoughts on “É para isso que o blog existe:

  1. Mirian Amaral says:

    Minha irmã caçula já passou por essa situação. Das três filhas que meus pais tiveram o cabelo dela sempre foi o mais crespo. Ela fez relaxamento e definitiva por anos até que ela percebeu que o cabelo estava sim comprido, porém caindo muito. Ela parou de fazer a química, foi cortando o cabelo e na impaciência chegou fazer permanente nas pontas para ficar igual a raiz. Foi o maior erro dela. O cabelo dela ficou todo detonado, horrível, parecia uma palha de aço. Depois ela achou uma cabeleireira que começou a fazer mil hidratações no cabelo dela e começou a cortá-lo aos poucos. Ela passou a ler de tudo sobre cabelos cacheados na época, entrou nas comunidades do orkut, se informou e chegou a um produto importado que salvou o cabelo dela: Deva Curl. Gente, esse produto salvou o hair da minha irmã. O cabelo voltou a ter brilho, cresceu, os cachos ficaram mais definidos. Hoje todo mundo a chama de Betty Boop, pq ela se parece mesmo com ela… rsrsrs. Ela está super feliz com o cabelo. O único problema é que a sensação que temos é que cabelo cacheado demora muito para crescer, ela vive querendo que ele cresça rápido, mas pra quem chegou até aqui, e passou pelo pior, pode esperar um pouco mais.
    Olha ela aqui: http://amodadamira.blogspot.com/2009/11/cacula.html

    Bjokas, Fê.

  2. Fezinha says:

    Fer! 2 comentários: avisa prá ela (talvez ela saiba, mas sei lá…) que na Galeria do Rock (centro de SP, rua 24 de Maio), na parte láááá de cima, o que mais tem é cabeleireiro especializado em cabelo afro. Nunca perguntei se são bons, mas vive cheio por lá.

    Outra coisa, que é uma confissão: gosto muuuuito mais do se cabelo sem aparência de “molhadinho”, e com volumão (vide sua foto de camisa xadrez do dia 27). Vc combina com volume, muito embora cabelo volumoso incomode as meninas e a gente insista em baixar com um creminho…rsrsrs. Meu cabelo é liso, mas um pouco volumoso. Não é liiiiiso prá caramba, e uma época da vida só saía de casa se secasse no secador (e prá balada dá-lhe chapinha). Não contente, resolvi fazer “progressiva”. Ficou lindo. Na segunda vez quase fiquei careca. Jurei que NUNCA mais ia usar progressiva e secador. E consegui! Assumi o voluminho e fui ser feliz. Meu cabelo melhorou demais. Não é a coisa mais linda do mundo, mas me sinto ‘”libertada” de poder sair de casa com o cabelo molhado…rsrsrsrsrs

    Acho bem importante seus posts “liberdade aos cachos”, e sempre se lembre que vc fica absolutamente linda com o cabelón bem volumoso! Mas eu sou meio suspeita….se tivesse cabelo enrolado, ele seria curto prá eu poder usar tudo prá cima com uma faixa, sabe…meio black power mesmo. Morria de inveja da Luciana (num lembro o sobrenome), irmã do Jairzinho, que cantava ‘é assim que se faz, é assim que se ama…”. Amava aquele cabelo todo prá cima…invejinha! É tão mudérrrno!!!!

    Beijo!!!!

    • fegalves says:

      Obrigada, gatona!
      Eu também prefiro usar meu cabelo seco e pro alto, mas SEMPRE tenho que molhar antes se quiser domá-lo… então, em muitas fotos daqui do blog ele sai com esse jeito “molhadinho”, pois vai secando no caminho.

  3. Aline says:

    Olá, Fernanda! Estou seguindo o seu blog e vi o e-mail ali, rsrsrs… Valeu mesmo pela sua ajuda e atenção.
    Na Galeria 24 de maio tem vários salões sim, mas foi deles que falei quando disse em salões especializados em tranças e apliques. A maioria deles são especializados em vender cabelo e fazer os apliques, o q é ótimo pra quem gosta. Tb tem o Fernando Fernandes, mas lá cobra os olhos da cara pra fazer qualquer coisa.

    Beijoss!

  4. Gabriela says:

    Fê e Aline,

    Também tenho o cabelo parecido com vocês e quando conheci o blog o que mais me chamou atenção foi o lindo cabelo da Fernanda. Fiz até uma galeria com várias fotos de cabelos semelhantes (Tais Araújo, Fernanda etc), que vejo quando me sinto desencorajada e vou lá revigorar minhas forças.
    No ano passado, eu passei pelo mesmo processo que a Aline cortei meu cabelo todo para tirar a quimica e assumir meu black.
    Uma descoberta que foi fundamental para manter meus cabelos naturais e saudáveis foi descobrir uma linha de produtos que chama DEVA, é americana, mas vende no Brasil pela internet. Esta linha é especifica para todos os tipos de cabelos cacheados, além de ser ecologica e não utilizar produtos derivados do petroleo (silicones etc).
    Junto com os produtos, descobri alguns blogs e até o forum com uma comunidade de cacheadas que socializam as experiencias de cuidado com o cabelo – é maravilhoso !!!!!!!!!!! Tem tb vários videos no you tube.
    Deixo os endereços aqui para vcs e outras interessadas.

    bjs,

    Gabi

    Para conhecer a linha:

    http://encaracoladas.blogspot.com/ – a partir do blog vc pode acessar o blog encaracoladas.
    http://devas-brasil.blogspot.com/

    Para comprar os produtos:
    http://www.rumo.com.br/sistema/ListaProdutos.asp?IDLoja=4705&Avancada=1&Adicional3=22571&sv=0&origem=google&1ST=1&Y=6876032711090

  5. emilia says:

    Então… meu cabelo é cacheado (tipo Ana Paula Arósio) e acho lindérrimo cabelo crespo tipo afro, se eu tivesse ia usar bem grandão, armado, acho estiloso demais. Sabe como tava o cabelo da Taís Araújo antes da novela, mais curto e com uns reflexos mais nas pontas?? Adoro. Bem, eu queria falar que andei pesquisando e assim que sobrar uma graninha vou experimentar o tal No Poo / Low Poo. pelo que entendi com dois produtos da linha Deva vc consegue os resultados: No Poo OU Low Poo + condicionador, mas tem outros produtos tb. Parece que dá um trabalhinho e que não dá pra usar sempre porque tem que “encapar” os fios, enfim, na net tem até um video mostrando como usar, não é assim igual a usar um shampoo e condicionador comum. São caros mas parece que são muito bons. Então, ficaadica, no blog cabelos cacheados tem até um concurso e alguns posts a respeito e vc compra pela internet na http://www.nissey.com.br/deva
    Eu vou experimentar. Vc já experimentou, Fe?
    bjs

    • fegalves says:

      GENTE, VÁRIAS MENINAS AMANDO ESSE DEVA, E EU NUNCA EXPERIMENTEI!!
      Já li uma entrevista com a criadora dos produtos na Revista O Globo, mas agora fiquei com muita vontade de experimentar – COMPRAREI!

      Beijossss

  6. Gabriela says:

    Fê,

    Vale muito a pena !!!!!!!!! Com eles é possível acordar no dia seguinte com o cabelo no lugar, vc imagina isso? Tem também difusor especial para nossos cabelinhos e podemos sair para a balada com o cabelo seco.
    Comece com os produtos que não são baratos, mas rendem muito e fazem uma verdadeira revolução. Se seus cachos já são lindos assim, imagine com o Deva Curl.
    O fórum encaracoladas é ótimo e tem mil dicas sobre o uso dos produtos.

    beijos,

    Gabi

  7. Raquel Soares says:

    Olá…
    Estava no google procurando coisa legais para meninas, até que apareceu seu blog, estou muito feliz em ter conhecido sua blog… Adorei seu stilo…

    virei sua fã….

    Uma pergunta vc é do Rio…
    Desculpa, nem me apresentei Sou Raquel, moro no Rio de Janeiro e também gosto de cores como vc…

    Beijocas e Pipocas…

    Prazer em te conhecer…

  8. aninha says:

    Ahhh..o meu é cacheado natural.
    E hoje assumi…mas ainda estou em dúvidas se faço ou não progressiva novamente.

    Cachos dá muito trabalho para manter.

  9. Geovana says:

    Oi Fe,
    Sou uma cacheada assumida e seguidora desses blogs que a Gabriele citou acima, e além deles ainda tem a comunidado do orkut ‘Cabelos Cacheados’, nessa comu há muitas dicas para quem quer assumir os cachos e tb utilizar os produtos Deva.
    Eu já dicequei as dicas dessa comu, pq sempre assumi meus cachos, mas não conhecia produtos e técnicas especificas para trata-los e lá obtenho todas as respostas que preciso. OS produtos Deva realmente tem ótimas indicações mas são muitos restritivos pq vc somente poderá usar outros produtos que não contenham parabenos, oleos minerais e etc, além da proibição dos shampoos que contem lauril (hj no mercado todos contem esse ingrediente), para quem quer seguir a risca a técnica Noo pow/Low poo vale a pena. Mas para quem não quer a comu tem muitas dicas preciosas que traram um resultado muito semelhante a essa técnica.
    Leio muito sobre cachos até me chamam de neurótica lá em casa… hehe, mas o fato é que se vc quer assumir seu cabelo natural tem que conhece-lo a fundo. E esse preconceito com os cabelos crespos, encaracolados, cacheados é normal, quando vou no salão para cortar as cabelereiras ficam bobas quando digo que não quero escova..ehhe A falando nisso… a linha de produtos Deva tem um secador especial para cabelos crespos e cacheados já ouvi maravilhas dele… so falta grana p comprar..hehe
    Ficam as dicas meninas!!! Se joguem nos cachos!!!

  10. Maria says:

    Oi
    conheci o blog hoje e adorei!!
    concordo com as garotas seu cabelo é fabuloso. faço relaxamento, já que não gosto de cabelo lisissimo, uso ele cheião com cachos com um help de muitos cremes e um difusor.
    Apesar dele ficar mais da metade bem cacheado, sempre penso em fazer um premanente ou deixar ao natural (pra poder usar tinta tipo o seu, no meu caso a guanidina não deixa, aff!!)
    eu fico sempre ensaiando essa mudança…quem sabe qualquer dia eu também me decida, né?
    bjinhos

  11. Kate says:

    Ai, é muito legal neh? Esse rconhecimento, pois tudo que vc faz, faz com carinho…

    Eu ainda to na briga com meu cabelo. A verdade e que tenho muito medo que relem a mao nele. medo mesmo sabe? Não faço relaxamento, permanete, escova disso e daquilo, nada. Maximo vou lá uma vez a cada 15 dias fazer uma escova e cortar, corto em casa….

    Meu belo ja é ruim, pensa se eu deixar todo mundo dar palpite e ir passando produto? Nao sobra nada. Bem faz tu, que usa ele naturalmente lindo… e ainda pode pintar pq nao é cheio de quimica.

    Beijo

  12. Fernanda says:

    Fê, vc é muito inspiradora!
    Jah contei em algum comentário no seu blog que tmb abandonei a chapinha e resolvi assumir meu crespo super inspirada em vc. E olha que me senti muito confortável c/ a decisão.
    Por conta das químicas meu cabelo ficou horrível e sem forma, aí cortei joãzinho. Ele tah seeeeco + toh hidratando, sem perder as esperanças!!!rsrsrs
    Muito obrigada por me mostrar que não é só cabelo liso que é bonito nem que cabelo crespo só é bonito em novela!
    Adoro não só o seu cabelo como tmb seu estilo e sua pessoa.
    BJSS!!!!!

  13. Analu says:

    Fê:

    Sou cacheada mas meu cabelo é fino como o de um bebê.Não é afro.Acho uma monotonia lamentável esse frenesi coletivo por cabelos lisos e essa coqueluche de escovas-definitivas-e-etc-coletivas! Fiz escova normal, daquelas com secador,umas duas vezes na vida…a primeira pra maldizer o sofrimento e a segunda pra me certificar que me prefiro mesmo com meus cachos.( A segunda deve fazer uns 7 anos…).

    Tenho uma amiga que era escrava da escova, um dia ela resolveu meter a tesoura e cortar curtinho e ficou lindaaaa, além de se libertar da trabalheira.

    Eu tive cabelos longos por muitos anos, mas há uns 2 os tenho curtos e tenho amado.Muito mais praticos de cuidar, mais frescos e, na minha opinião, mais estilosos.

    Esse cabelo loiro e afro da Taís Araújo é, na minha opinião, o que cai melhor nela.Pena que na maioria das vezes ela fique nessa onda de cabelo de negra americana, liso como cabelo de boneca.( ou onda Naomi Campbell.)Acho ótimo querer melhorar, se tratar, etc…mas acho uma besteira ter que sofrer/gastar tanto pra se adequar a um padrão anti-natural.Muitas negras e mulatas ficam translumbrantes com seus cabelos afros bem tratados e assumidos.Acho lindddo cabelón volumoso com flores, presilhas, etc…acho que clarear o cabelo alguns tons, em tons dourados, tb ilumina absurdos as mulatas ( que tb ficam sempre lindas com maquiagem puxando pro dourado).Legal é saber se melhorar, mas não se descaracterizar completamente.Se eu quiser me tornar uma gueixa de pele alvíssima, não vou conseguir, vou me tornar um arremedo de gueixa.Cada um tem suas características físicas, e bom é saber tirar melhor partido possível delas e não tentar se transformar em outro tipo de pesssoa.Há beleza e feiura em todas as raças, há harmonia e tb inadequação em todos os grupos étnicos.( e em todas as misturas étnicas, das quais temos tantos exemplos em nosso país.)

    Pra mim, um dos exemplos mais bem sucedidos dessas misturas são mulatas de olhos claros, estilo os da Elisa Lucinda.É lindo de doer aqueles olhos felinos! ( aliás a Lucinda é um exemplo de mulher bem assumida daquilo que é.)

    Bjs

  14. Gisela says:

    Adorei o post e parece que também foi pmim….já usei de um tudo no cabelo, e nunca o meu mesmo, sendo assim esse ano parei e pensei, pq não assumí-lo…o teu é lindo e natural o mais importante…. INCENTIVO enorme…vou tentar esse ano e sei q não vai ser fácil!Mas…. BjO

  15. Geane Nascimento says:

    Olá fe…meu no me é Geane, sou do Rj..

    Amei seu blog.

    Tenho 18 anos, desde os 6 minha mãe com preguiça de tratar os lindos cachos q eu tinha, meteu química _ Desde então fiquei escrava_ sempre amei cabelos longos esse ano meu cabelo ficou do jeito q eu sonhava longo (na cintura) e lisíssimo.Porém nunca esqueci dos meus cachinhos da infância,tenho uma foto que é um exemplo pra mim…Mas enfim, meus cabelos ficaram lindos, longos…Mas como alegria de pobre dura pouco, meu cabelo começou a cair pela raiz _ por causa das progressivas _ pela segunda vez, por que ano passado caiu também, até mais q esse ano, só q ano passado consegui tratar, só que esse ano começou a cair de novo e resolvi voltar a ter os lindos cachinhos q eu tinha com 4 aninhos d idade…Agora só ando com minha foto (inspiração) pra cima e pra baixo e pesquisando sobre cabelos afro, até q encontrei seu site e resolvi contar o meu drama…
    Agora tenho pensado no que fazer para não sentir muito a degradação dos meus cabelos, pq estado liso desse jeito e eu deixando a raiz crescer daqui ha pouco vou estar igual a um mico leão dourado, e aí de repente cortar ele mééééga curto, tds vão estranhar, principalmente eu por amar cabelos longos. Penso então em aderir as tranças até q ele esteja num comprimento q permita que eu corte e não estejam tão curtos. Pelo q li foi isso que você fez.Ñ foi?

    Bom é isso …
    Amei seu blog e estarei sempre aqui buscando novas inspirações e dicas Bjs.

    By: Geane

    • Fernanda Alves says:

      Fazer tranças é uma boa para quem não quer cortar o cabelo logo de cara, mas olha, Geane, esse momento vai acontecer naturalmente. Toda vez que você for retirar as tranças para refazê-las, pode dar uma cortadinha e uma hidratada no cabelo. Com o tempo, você passa a gostar mais do seu cabelo natural, passar a mão, sentir a textura… E aí você vai sentir quando é a melhor hora para cortar.
      Boa sorte, querida, qualquer coisa me manda um e-mail!

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s