Boa compra é aquela que salva

Eu amo essa saia. No entanto, não posso dizer que paguei uma bagatela, que era a última da arara, que foi minha avó que fez, que era da minha mãe nos tempos de solteira. Nadica. Foi só uma saia que comprei na Zara, num dia em que ia fazer uma troquinha ingênua. Foi cara pra chuchu e na época saí da loja me sentindo uma pequeno-burguesa metida. Mas sabe de uma coisa? Ela é estampadona como eu gosto, não precisa passar, tem elástico na cintura (muito útil em momentos chubby como o atual) e levanta qualquer look. Então foi uma boa compra. E de boas compras a Shopaholic aqui entende bem.

Resumindo: boa compra é aquela que te salva em todos os momentos.

.

.

.

O problema é que, muitas vezes, bate um vento bizarro no Centro do Rio. Não me perguntem de onde vem. Tá, me perguntem, pq eu tenho a resposta sim! É o danado do São Pedro, que além de controlar as temperaturas também faz uso dos ventos, tudo com um único objetivo: sacanear o próximo. No caso dos ventos, eu vejo além: sacanear o próximo e ver umas calcinhas. O que tinha de mulher segurando a saia hoje (o/) não tava no gibi (beijo pra quem usa expressões de 1940!). Dia desses deu uma revoada lá no Centro que veio do nada, não era tempo virando, não tinha papo de sudoeste não, era o mais puro espírito de porco de São Pedro – e eu estava passando em frente a uma obra quando, oooopa.

Só deu tempo de ouvir uma voz dizendo:

_ Sensacional.

Minha vontade era meter a cabeça dentro da bolsa. Mas depois de um tempo, né, você pensa: pior seria se não tivesses falado nada. A situação tá crítica, mas ainda dá pra contornar.

.

.

.

.

Saia Zara. Blusinha Renner. Bolero Cláudia Simões. Sapatilha Empório Naka.

Advertisements

26 thoughts on “Boa compra é aquela que salva

  1. alicizinha says:

    Sei bem como é. O vento já levantou o meu vestido quando tava entrando numa pizzaria pequenininha, só uma porta, que fica numa praça. O garçom que estava do lado da porta tentou segurar a risada, mas a tia que tava lá dentro quase morreu de rir. Não me pergunte sobre o pessoal que tava na praça (fiquei uma hora la dentro esperando o povo ir embora). =/
    Agora não saio mais de vestido sem um shortinho por baixo. =)

  2. Nina says:

    E o vento levou totaaaal1! !hahahah ADOROO isso aqui!
    Bah guria, vc ouviu APENAS “sensacional”??? Os pedreiros cariocas são mais “sutis” do que os daqui de SP! hahahahahaha
    AMEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEI sua saia,lindaaaa d+! E lembro dela nas araras da Zara!!!
    Besooosss

  3. Camis says:

    Brasil, que saia lindaaaaaaaaaaa!
    E aaaaaaa é treva quando isso acontece, mas depois gera altas risadas (de nervoso de vergonha de tudo! hahahaha)

    Ps. a sandalinha é “verde-candy-color-menta”. Uma fofura ❤

    Um beijo,
    Camis

  4. Mari says:

    Adorei a saia, Fernada. Realmente às vezes pagamos mais caro, mas o custo/benefício compensa depois.

    Nem me fale desse vento do centro … aqueles que vÊm do chão então …. Faço a Marilyn e saio correndo! (mas que é divertido ver a reação das mulheres depois do ventinho sapeca, ah, isso é!!!)

    Beijos, Mari

  5. Mariana says:

    Genteeem, eu também to aqui de saia no Centro, me esquivando dos bueiros e das ventanias!! hahaha… Sempre tenho que tomar cuidado pra não virar notícia!!!

    Amei achar quem se identifique com esse problema…

    Beijosss

  6. Marcela says:

    Ontem eu tava com um vestido rodadão, Olivia Newton Jhon me jogaria tinta vermelha na cara de tão lindo que ele é.

    Tá que eu fui ao banco e levei uns dois ( Que isso???? Gata!!!)… me senti bem, igualzinho a você.

    VAI QUE A SAIA LEVANTA E DIZEM: “UÓ!!???”

  7. Kryslla Mendonça says:

    Nossa, venho todo dia no blog e não comento .. mas hoje me identifquei imensamente com o post …

    Outro dia aconteceu a mesma coisa comigo … eu tava lá toda serelepe no celular as gargalhadas com a minha mãe quando passo naquelas benditas saidas de ar que parecem bueiros .. puts, os bares estavam lotados pq era 6:30 de quinta … foi um tal de homem falando … rindo, zuando que eu não me aguentei comecei a rir mais ainda !!

    Coisas da vida, todo mundo merece seu momento ” Marilyn Monroe “.

    Beijos

  8. BIC says:

    Hahaha isso ja aconteceu comigo também, só que no meu caso eu segurava de um lado o vestido subia do outro, e minha amiga vendo os homens atravessando o sinal olhando, outros parando … fiquei roxaaaaa!

    Bjs

    PS: Tb tenho o rota dos bueiros rsrs

  9. Priscila Dal Bello says:

    Fernanda, não é por acaso que venho sempre aqui. Hj não podia deixar de comentar, pq essas suas fotos estão tão divertidas, me lembram praia, sol e uma certa leveza que tá fazendo falta em alguns blogs.
    Qto a saia, ela é linda mesmo e deve valer cada centavo, SENSACIONAL, hehehehe.

    bjs querida

  10. Renata says:

    Sensacional foi muito bom!!!cada coisa que mulher passa né?Me lembrou o que me aconteceu ha uns dias atras…passando na catraca do trem(nada glamuroso,eu seeei…),na hora que ela girou de baixo pra cima,minha saia (que é de um modelo parecido com a sua,)foi levantada totalmente na parte ,digamos assim,traseira.Adivinha quem pagou calcinha no meio do povo todo? o/ sorte que pelo menos a calcinha era novinha…
    bjs

  11. Vivi Brignes says:

    Fê,

    Concordo com você. Boa compra é sempre aquela que a gente não cansa de usar. Independente do preço o valor matemático é sempre positivo. $$$$$ : uso = 0,00001. sempre fui péssima em matemática ,mas essa conta sempre dá certo.
    Bom fds!
    Bjs,

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s