Mas é só uma meia!

Já tem tempo que estou com aquele desejo de usar meias 7/8, aquelas no meio da coxa, sabe? Acho lindo, acho colegial, acho descolado, enfim, acho uma série de coisas. Traz uma graça ao look, uma feminilidade (essa palavra existe ou eu inventei?) a toda a composição, e está na minha wishlist há séculos.

Aí, há alguns meses, comprei a minha. Na verdade, no inverno passado.

.

uma graça.

{via}

Só que, né. Repare bem, caro leitor. Repare nas coxinhas das amigas gringas da montagem acima. Coxinhas delgadas, coxinhas magras, coxinhas modestas. E, olha só, da última vez que medi, minhas coxas estavam em 55cm. E eu estava (mais) magra. Minhas coxinhas nunca foram tão econômicas quanto a das moças aí de cima. Então vocês já sabem o que aconteceu.

A.porra.da.meia.enrolou.

Isso. Dei tipo 10 passos e a danada não conseguiu competir com a potência das coxas. Não teve como. Isso já tem algum tempo, meu povo, e não sei pq não contei pra vocês (na verdade sei, foi por pura vergonha). Na época minha loucura foi tanta que eu tentei colar fita dupla face pra ver se segurava a meia no lugar. Não só não segurou como ainda me arrumou uma alergia. Mas isso já tem tempo, caros leitores. Por isso, nesse inverno (que, oi, já acabou?) eu parei de me iludir e procurei uma nova referência para me inspirar.

,

,

Meias mais curtas. Oba!

.

Seria essa a alegria das coxudas? Das gordinhas? Existiria vida além das meias 7/8?

Corri na Lojas Americanas e comprei um modelo mais curto, 5/8, que me custou pouco mais de R$5 (moda barata? super trabalhamos com.). Enrolei um século para experimentá-la – era o trauma falando mais alto em mim – mas eis que, finalmente, tomei coragem e fui (pro trabalho):

.

.

.

Coloquei um vestido comportadinho (quantas vezes vocês já o viram por aqui? hahaha), sapatinhos oxford e pensei: pô, tá tranquilo, é só uma meia. Todo mundo usa meia esses dias… a minha só é mais curta!

Ledo engano.

Do moço do churrasquinho, passando pela mocinha do quilo, colegas de trabalho, chefes, desconhecidos na rua:

ninguém tirava os olhos da bendita meia.

Mas, oi? é só uma meia, gente!

.

.

.

.

É só uma meia!

(né?)

.

Vestido Lucidez. Meia Lupo. Oxfords Leeloo. Colares acervo. Bolsa Fernanda, by Intuitif.


Advertisements

30 thoughts on “Mas é só uma meia!

  1. Agatha Lima says:

    Enquanto lia o post passava um filme em minha mente. Lembrei das minhas tentativas em usar essa meia e qt ela me fez passar vergonha. Sim, ela tb enrolou na minha perna… Demorei um ano pra usar a bichinha novamente (fiz uma técnica mirabolante e agora ela fica um pouco mais presa).

    Mas não fiquei satisfeita. Tb parti p outras referências (eu tenho essa foto do sapatiho vermelho aqui no meu pc!!!). E um dia oportuno resolvi arriscar. O look ficou lindo, saí de casa toda serelepe pq não tinha q me preocupar com o puxa-puxa-traumático-pouco-melhorado da outra meia. Mas aí vieram os olhares. TODOS os olhares… Fê, vc não está sozinha, eu tb passei por td isso! Minha gente, é só uma meia, uma inocente atualizadora de look.

    Mas eu até entendo. As pessoas (num senso comum desatualizado) veem esse tipo de meia só como parte do uniforme colegial ou de jogador de futebol e outras classes intermediárias a essas. É muito difícil vc ver alguém usando meia assim, por isso o estranhamento, as piadinhas, a cara feia, e o comentário: “hum…=/”

    Eu gostei do look, me identifiquei =D O máximo q eu faria da próxima vez é tentar usar com um saltinho de uma cor mais próxima pra não te achatar (nao sei, tive essa impressão)nem te “cortar” pq eu sou um tanto maluquinha e vejo 3 blocos de cores. Mas esse é minha opinião e q nada interfere em vc usar a meia.

    Se te encontrasse na rua ia dar gritinhos de felicidade pq alguém está saindo do óbvio da meia calça (é, eu sou maluquinha,rrs).

    Ai, falei #pracaramba , sorry…=P Mas dessa vez tava afim de deixar meu pitaco,rs

    bjks, Fê!

  2. Mari says:

    exatamente o que eu ia falar, as pessas logo remetem aos jogadores de futebol.

    também tenho coxas grossas (nem me arrisco a medi-las) e a última vez que usei meias assim foi em uma festa a fantasia, eu estava feliz, era uma linda meia listrada em p&b.

    depois, nas fotos, me arrependi amargamente. a meia comprimiu a parte de baixo da perna, fazendo com que a coxa ficasse ainda mais grossa. por isso, passei batida e nem me atrevi a querer gostar dessa moda.

  3. Deborah says:

    Fernanda, eu adoro seu blog! Rio sempre e muito!

    Bom, hoje eu sai com uma modesta legging embaixo de um shortinho jeans pq nao consigo andar com o bundao exposto…
    Me olharam torto tb… mas eu nem ligo (mentira, ligo sim, mas nao mt).

    beijo!

  4. Aline Aimée says:

    hehehe
    tá linda, fe!
    eu entendo bem esses olhares!
    fui trabalhar com uma meia roxa, o povo na rua pirou! um homem gritou e outro gargalhou!
    já reparou que os homens são sempre mais limitados com as novidades fashion? ficam chocados tão rápido!
    tirar camisa no calor e exibir pança suada não choca não, né?
    tá bom…

    beijo, querida!

  5. Analu says:

    Oi, Fê! Tb tenho coxas grossas, tb acho lindo 7/8 mas tb pra mim sem condições. :-/

    Essa meia 5/8 não é o comprimento que o pessoal de academia anda usando por cima das leggings?!

    Não gostei tanto, mas isso não é um não absoluto.Estou tentando detectar o motivo de não ter gostado…tenho algumas hipóteses:

    1.Não gosto de oxfords, acho que se vc estivesse com um sapato mais menininha…ou com salto, ficaria melhor.

    2.A combinação da cor do sapato com a cor da meia tb não curti: meia muito escura, sapato que parece dourado.Não deu muito contraste.

    3.O vestido é muito reto, largo e comprido,mostra pouca pele inclusive na parte superior do corpo, junte isso com os oxfords e as meias, acho que não valoriza as formas e a feminilidade ( rá!)

    Talvez se vc usasse um vestido menos largo ou não tão comportadíssimo na parte de cima…com menos manga e/ou mais decotado….acho que ficaria melhor.

    4.achei as cores no todo meio apagadas: azul marinho, cinza…na foto da menina de sapato vermelho, por exemplo, o look é escuro e monocromático, mas o sapato dá uma pitada de irreverência e contraste.

    Não desista, tente de novo! 🙂

  6. Analu says:

    Onde eu falei que a meia preta com o sapato dourado não deu muito contraste, entenda-se: não deu um contraste positivo.Pq as vezes não ter gde constraste é bom ( como no tom sobre tom), as vezes ter um senhor constraste tb é bom ( como na menina de look monocromático marinho e apato vermelho.)

  7. Catarina says:

    Eu não sei o que é melhor: ler o texto ou ver as fotos sempre com poses super inspiradas! Eu rio muito contigo, Fê!! E olha, deixa as pessoas olharem. Eu não acho que esteja nada extravagante. De vez em quando também invento umas modas estranhas que fazem a minha mãe olhar duas vezes para mim de manhã, mas eu nem ligo. E olha que eu trabalho com padres, hahaha! O importante é gostarmos do que vemos e sentirmo-nos confortáveis! Adoro-te! Bjos

  8. Celinha says:

    Ri muito quando li “coxinhas delgadas”. Só vc mesmo. Acredita que durante minha adolescência eu desejava mais que tudo ter coxonas. Morria de vergonha das minhas perninhas porque o povo na escola chamava de “cambito”. Lembro que uma vez resolvi colocar uma calça jeans mais apertadinha, porque eu só usava roupas largonas para esconder a magreza, aí veio uma menina (ódeo) e disse “vc fica mais magra ainda usando calças apertadas assim. Só fica bem pra quem tem coxas grossas”.

  9. camis says:

    algumas meias também enrolam em mim…ainda estou em trauma. Da 5/8 também, que um dia, vim trabalhar…e nego ficou me chamando pro futebol da empresa. buaaaaaaa buaaaaaaa rsrsrsrsrs

    Mas tá lindo, eu curto!
    Beijos,
    C

  10. tamaracarol says:

    Sempre amo seus texto, adoro sua espontaneidade. Adorei o look, e posso garantir que desde o moço do churrasquinho até o chefe só olharam, e olharam de novo querendo dizer isso: Fê, tá linda!

  11. vivireis says:

    Menina, tô rindo até agora hahahahah!!!
    Adorei sua iniciativa de usar uma coisa que tá com vontade. Não adianta dizer que uma coisa não combina ou que isso é fora de moda, ou até mesmo dizerem que isso não tem nada a ver com vc.
    Quando me visto tento visualizar o conjunto na percepção das pessoas que vão olhar pra mim. Claro que vão te julgar por qualquer coisa que elas acham que estão diferentes. Mas fazer o que? É o seu gosto naquele momento, sua inspiração.
    Agora, receber uma olhar torto de uma senhora na rua usando blusinha estampada com um volume horrível na cintura (barriga), pesando mais de 80 kg, com uma bermuda jeans justinha, e rasteirinha de lojinha de bairro (nada contra, heim! Também tenho uma!), e ainda por cima NADA COMBINANDO COM NADA, por favor né?
    Apenas temos que tomar cuidado com certos exageros e criar looks com bom senso (crítico de preferência)!!!
    Gostei do look, só usaria uma sandália abotinada na cor da meia. E não usaria pra trabalhar e sim pra passear.

  12. Marcela says:

    Amiga desculpaê mas eu fui normalista, meias me apavoram até hoje.

    Só de imagianr aquela coisa na minha perna, coçando…eca. Tenho até duas basiconas, meia calça preta fio 60…mas usar mesmo quase nunca e sempre tiro no meio do dia.

    Vai com fé!!!

  13. naliky says:

    kkkkk, vc é hilaria, meo deus eu lembrei de quando eu nem sabia o que era moda e inventava de sair com umas coisas esquisitas que pra mim ainda é o maximo + as pobres pessoas do interior nunca intendem , sua combinação ficou perfeita vc é linda alias meo pai tem umas meias dessas vou experimenta ve se da certo 🙂

    bjokas
    http://garotablack.blogspot.com/

  14. Loli says:

    Ai esse povo unfashion!
    Eu já elogiei, mas repito, essa bolsa é linda!!
    E eu vim aqui justamente pra dizer que acho que com um sapato mais arrumado o look ia ficar melhor… mas vi que já disseram!
    E realmente meia 7/8 não fica bem em quem ter coxa grossa, mas olha… eu amariaaa ter perna grossa… mesmo que não pudesse usar meia 7/8. Odeio minha perna fina! Ao contrário do senso fashion comum, eu acho que limita muito mais a gama de opções roupais, não gosto de usar short nem minissaia.

  15. Carol says:

    Fernanda,

    compartilho do problema do coxão e sinto sua dor como se fosse minha. Do fundo do meu coração MESSSMO – até porque a dor TAMBÉM é minha! 😀

    Mas ó, amiga minha inglesa que tem perna de cambito disse que com ela a meia CAI. Hahahahahahahahaha! Se a nossa enrola, a dela desliza e ela tem que ficar a cada cinco minutos puxando pra cima.

    O que essas meninas *fashion* fazem, em sua grande maioria, é comprar uma tirinha de silicone – tipo aquelas de sutiã – e costuram na parte superior da meia. Dá o maior grip do mundo, ainda mais se você usar a sua 7/8 (ou 5/8 mesmo) por cima de uma meia calça. Coisa que só vai acontecer, tipo, 3 vezes no ano para a maioria das brasileiras, dado o inverno ártico que tem por aí…

    Outra dica é não puxar a meia muito alto – realmente ela pode não chegar até onde você quer na perna, mas aí é ter que comprar uma meia mais longa mesmo, um saco – e dobrar a parte final. Veja que na 1a, 3a e 5a fotos as meninas tão fazendo isso. Desse jeito não enrola mas pode deslizar…

    E para as meninas que reclamam da perna fina: morem fora do Brasil que na mesma hora vocês vão se sentir FELICÍSSIMAS com as pernocas que tem. O complexo de coxuda aumenta exponencialmente ao morar fora do país. Eu me sinto o Roberto Carlos (jogador, não o cantor né!) perto das mulheres aqui: baixinha e com coxa de rã. Usem e abusem de shorts, saias e vestidinhos, meninas! Esqueçam essa paranóia! Se eu, Roberta Carla aqui, saio, porque vocês não podem sair?

    beijos,
    Carol

    • says:

      Obrigada, Carol!!

      Na minha próxima estadia na Europa (cof!), vou me jogar naqueles shortinhos com o bolso saindo por baixo (gente, acho lindo mas não tenho coragem!), pra A-HA-ZAR.

      Beijos, gata.

  16. Camis says:

    Ah, eu comprei uma clara e uma escura, primeiro 7/8 e depois 3/4, 5/8, algo do gênero (essa abaixo do joelho). E olha, não rolou. Sou magra e tenho perna fina, mas a altura não ajuda e acaba que eu pareço um duente com meias de jogador de futebol. Dividir a silhueta é pouco!kkkkkk

  17. Lual says:

    a menina… é igual ao meu turbante. todo mundo olha. alguns riem, outros ficam sérios demais. é muito engraçado… eu adorei o seu look. comprei uma nas americanas tb. ela é pied de poule, mas ainda não tive coragem de usar…

  18. Jessica Aline says:

    KKKK….AdorOOoOo…
    imagina a cena forte …
    Ontem comprei uma meia calça normal, mas aquela com Bendito dedinhos de fora, detalhe ao chegar em casa: as duas pernas era pro pé esquerdo. Aff não tenho dedão no mesmo sentido.
    Acho que foi fabricada em agosto, homenagem ao flocore pois só o curupira pra usar aquilo.

    Beijos..

  19. Renata Iannarelli says:

    Fê, eu AMO seu blog, viu, amiga?
    Este post das meias tá demais. Eu bem queria usar as 7/8, mas vou me contentar com as 5/8 mesmo pq tb sou superhipermega coxuda.
    Adorei o look, o estilón. E, quanto ao povo ficar olhando pra gente na rua por conta de nossas meias y otras cositas más, que si fuedan! Nós que é nós usa e fim de papo, né? 😉
    Uma vez a mulher me chamou de espantalho na rua por conta das minhas meias coloridas. Eu disse que espantalho era o ca…ra…lho!!!!!!!!!!!!!!!!!!
    kkkkk
    E nosso almoço, hein?

  20. Beatriz Kitagawa says:

    Caraaaaaaaaaaca, ri demaaais (como sempre) e me identifiquei pra caramba!Não sou gordinha…mas minhas pernas são grossinhas, inclusive a batatinha (inha?)! rsrsrsr…deixando essa moda da meia meio estranha…rsrsrs

    Mas eu adoro a moda!
    O duro é experimentar e suportar os olhares! Afinal, é só uma meia, né!?
    bjs

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s