♥ Pra ver a vó ♥

Uma vez por mês ou a cada dois meses – ou seja, menos do que eu gostaria – vou visitar a minha avó. Eu sempre falo assim, “ver minha avó”, mesmo que os encontros não sejam mais na casa dela. Mesmo que a comida não seja mais o feijão carregado que ela fazia. Mesmo que os cachorros não sejam mais os dela (que me acompanharam durante toda a infância e viveram uns 14 anos). A casa na verdade é a da minha tia, a comilança é geralmente churrascão e os cachorros são os dela – tem até uma gata, a Maria. Mas o espírito é o mesmo: é quando encontro os primos (somos 10 no total), tios e, claro, ela. Minha avó.

Pra vê-la eu fui assim:

.

.

.

.

.

Te amo, vozinha!

Vestido Strike. Tênis Maria Filó. Jaqueta Myth. Cachecol comprado numa lojinha em Petrópolis.

Se você tiver um tempinho, vota em mim? É só procurar por “Fernanda Alves” aqui. Você pode votar uma vez em cada look🙂

10 thoughts on “♥ Pra ver a vó ♥

  1. Fezinha says:

    Eu antes via minha vó só uma vez por ano (e olhe lá). Agora ela tá morando em SP, e posso vê-la qd quiser, sempre que vejo minha mãe =)

    Gatona, vc me vê sim, mas se Deus quiser não vê a Grazi não rsrsrsrs! Prá vc ver a Grazi ela teria que nascer com pouco menos de 36 semanas de gravidez, qd o ideal é de 38 a 42, e aí ela seria considerada prematura, tendeu? Então sim, vc pode ver meu barrigão – que agora tá graaaaande mesmo, e até sentir os pezinhos dela me amassando. Mas vê-la mesmo, só na próxima visita =P

    Vc vem para o dia 21 ou 22? Estará por aqui no sábado 20 tb?

    Beijo!!!!!

    PS: não tô dando calote em vc…ahahahahahaha! Essa semana deposito o que te devo (devo, não nego e pago qd puder =P)

  2. mariane says:

    q gatona!!! fe, recebi tudo! q mimo lindo… q vc mandou…

    vc num existe. neh? eu vou postar assim q der… perdi minha cachorrinha e to meio triste, viu? mas me aguarde abafando de Ferdy rs

    bjs querida e obrigada… é prazer meu ser sua amiga e cliente

    bjs

  3. Mari says:

    A casa da minha avó por quase 20 anos foi também a minha casa. E casa de vó é aquilo, né … Barulho, crianças gritando, tira gosto na varanda e felicidade que quase não cabe.
    Hoje em dia está difícil ir. 280km nos separam, além da constante pilha de coisas que preciso ler. Tristeza. Mas nas férias minha avó é só minha! E eu não divido com ninguém!

    (Amo esse tênis)

    Beijos, Mari

  4. Paula says:

    Confesso q sinto muitas saudades da minha avó japonesa falecida há quase 10 anos. Mas qdo eu vou no bairro da Liberdade-SP, e vejo tantas vózinhas parecidas c/ a minha. Tenho um sentimento de ela vive em mim todos os dias.

    Fernandinha, hoje o meu trabalho no delivery esta calmo, missão cumprida votei em todos os seus looks. Acho muito válido, afinal vc sempre posta fotos divertidas. Tenho preferência por aquelas em q conversa c/ seus gatinhos.

    Beijinhos

  5. Catarina says:

    Já eu tenho a sorte de viver com uma e ter a outra bem perto! Adoro as minhas avós, mas a verdade é que tenho muito mai à vontade com a paterna, que sempre viveu connosco. Ela tem casa em Portugal, mas passa a maior parte do ano aqui em Moçambique (aliás, ela chega Sexta, eba!!!). Eu ADORO a minha avó. Ela cozinha MUITO BEM e cuidou de um monte de netos! As avós são a melhor coisa do mundo!!!

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s