Rio de Janeiro com a Shopaholic!

Adorei a receptividade de vocês com o teaser da nova tag do blog, em que vou apresentar alguns dos meus pontos preferidos da minha Cidade Maravilhosa. Por se tratarem de posts turísticos, excepcionalmente terão versão em inglês. Então vamos ao que interessa?

.

,

#1: Praias do Rio com a Shopaholic

Você, turista amigo, chega ao Rio e pensa no quê? Oba, vou pegar uma praia! Na certa, numa praia mais próxima ao hotel, afinal praia é tudo igual, não é mesmo?

Ledo engano, caro turista!

Uma vez alguém disse que a areia era o solo mais democrático de todos, e sabe-se lá pq todo mundo acreditou. O fato é que as praias do Rio podem mudar drasticamente de acordo com a localização, o dia da semana, com a previsão do tempo e a época do ano. Vamos começar pelo mais simples, a localização:

 

:: Zona Sul

Nem pense nas praias do Flamengo e Botafogo. São bem sujas e muitas vezes impróprias para o banho. Logo depois delas você chega a Copacabana, o paraíso dos turistas. Eu sinceramente não recomendo Copa, amiga leitora. Posso ser franca? Prostitutas e turistas interessados nos seus serviços formam um combo que muitas vezes também atrai vendedores careiros e flanelinhas oportunistas. Creio que haja trechos de Copa mais tranquilos, mas eu mesma não frequento.

Leblon e Ipanema são as praias da moda. Todo verão há um ponto mais hype da praia, e geralmente ele só passa a encher mais no ano seguinte, quando um outro ponto acaba sendo definido como hype. Só uma coisa é certa: hype ou não, o posto 9 é onde todas as pessoas parecem querer estar. É o mais cheio, mas também onde você geralmente encontra pessoas mais bonitas e vendedores de bugingangas que eu adoro (qualquer dia eu conto como atraio hippies o tempo todo). Se você, leitora, está de férias, eu recomendo que fique em qualquer posto da praia de Ipanema nos dias de semana e, nos sábados e domingos corra para a praia da Barra.

 

tipo filial do inferno.

.

:: Zona Oeste

A praia da Barra tem a maior extensão de areia, e não há muuuita distinção entre os postos. Isso quer dizer que dificilmente uma nova moda ou um hype do verão carioca vá nascer por lá. Assim, as pessoas (eu!) geralmente ficam perto de onde conseguem estacionar o carro ou saltar do ônibus. Tirando o iniciozinho da praia (Pepê, perto da Praça do Ó) que é a maior farofada, todos os pontos são bem tranquilos.

Depois da Barra, tem a praia da Reserva, que é linda. Ponto preferido da Carolina Dieckmann, também tem bastantes surfistas. Como é longe pacas e meio isolada, você encontrará poucos ambulantes (o que parece bom, mas passa a ser ruim quando você fica louca por uma água) e poucos turistas também.

Depois da Reserva tem o Recreio, que no fim de semana fica meio farofada em determinados pontos, e a Macumba, que é uó, e Prainha, minha praia preferida no mundo. Quase no fim de tudo, é ponto de encontro de turistas, tatuados, gente muito bonita que é gostoso de ver. E quando eu digo gente bonita, digo pessoas que conversam em um tom normal de voz, não falam no rádio no viva voz e recolhem seu lixo antes de ir embora. Mas é lógico que há exceções.

.

Prainha, coisa linda.

.

E que outros fatores podem influenciar na sua praia?

Dia da semana: fins de semana são meio que impraticáveis na Zona Sul. Mas se você estiver muito afim de ir pra Ipanema, acorde cedo e volte antes do meio dia.

Previsão do tempo: Uma semana chuvosa com fim de semana ensolarado é multidão certa. Assim como uma semana ensolarada com fim de semana sufocante. Tá, na verdade nem importa.

Época do ano: Dias próximos ao ano novo são ruins, devido às oferendas para Iemanjá que deixam as águas e areias impraticáveis.

.

Mas Fernanda, quando você diz que uma praia é ruim, o que você quer dizer?

:: Pessoas misturando descolorante de pelos no copinho de mate e passando na pele

:: Pessoas que gritam

:: Pessoas que bebem horrores e deixam as latinhas na areia

:: Ah, vá, pessoas sem noção.

.

Por isso, turista e leitor amigo, recolha seu lixo, fale com o amigo ao lado alto o suficiente para só ele ouvir, deixe para descolorir os pelos em casa. E pegue uma cor, que ninguém é de ferro.

Bom verão, galera!

want to read this post in English?

#1: Rio de Janeiro beaches with Fernanda Shopaholic

You, tourist, do you think that any beach is the same? You are so wrong, buddy.

Someday someone said that the sand was the most democratic place in the world. He was wrong. The fact is that Rio de Janeiro beaches may change according to the day of the week, the weather, the adress or the period. Let’s start with the most simple of it, the adress:

:: Zona Sul

Don’t even think about Flamengo and Botafogo beaches, dude. They are quite inappropriate. After those, you get to Copacabana, tourist’s paradise. I sincerely don’t like Copa, I may say. May I say the truth? Lots of foreign tourists and prostitutes attract a bunch of people interested in their money.

Leblon e Ipanema are quite hype. Every summer there is a new trend that is born in these beaches. One thing you have to know: Posto 9 is the place where everyone want to be, so it is really crowded. It is the place where you find pretty cool souvenirs and handmade stuff. So, if you are on holidays and with some free time, I highly recommend you to go to any point of these beaches Monday to Friday, and go to Barra beach on the weekends.

 

:: Zona Oeste

Barra beach is the longest one here in Rio, and there is no hype places or new trends going on there. That’s actually a beautiful and calmer place. Except the very beginning (Pepê and Praça do Ó), where things are damn chaotic, Barra beach is very nice.

After Barra there is Reserva beach, which is beeeeautiful. Since it’s pretty far from town, you won’t see lots of people (or tourists), only some surfers.

After Reserva, there is Recreio beach, not so nice in some point in the weekends, and Macumba beach, which is awful. Almost in nowhereland you’ll find Prainha beach, my favorite beach here. Lots of tourists, tattooed people, beautiful people in general. And when I say that, I’m referring to people who doesn’t speak SO LOUD, and take the trash when they leave.

Some items that may influence:

Days of the week: weekends are damn crowded in Ipanema and Leblon.  But if you wanna go, wake up early and leave before midday.

Weather: A rainy week with a sunny weekend will have crowded beaches. Or a sunny weekend with an extra hot weekend. Oh, let me tell ya, every summer weekend is damn full.

Periods: Some days before and after New Year’s Eve are no funny at all, cause people place offerings (flowers, small boats and even food) to Iemanjá, a goddess  that’s supposed to live in the seas.

.

So, dear tourist, if you wanna come to Rio, be my guest! But please don’t forget to take you trash, speak in a low voice when you come to our beaches. And oh, use some sunblock, right?

Have a nice summer!

18 thoughts on “Rio de Janeiro com a Shopaholic!

  1. Ana Cristina says:

    AGORA sim!
    Um guia de verdade do RJ! Bom merrrrrrmo!

    Amando tá, se precisar de dicas me fala! Posso dar umas sugestões e idéias de lugares pros próximos posts!

    beijinhos
    Ana

  2. Ana Carolina says:

    Adorei seu guia Fê!
    Mesmo sendo RJ é bom para ajudar a sair do esquema cotidiano: Praia em Copa, tendo que passar pelo Arpoador (juro que passo longe pela fama, apesar de dizerem que é lindo).
    A Prainha só é ruim pq fica mmmuuiiiitttoooo longe da minha casa, na nova area valorizada chamada Penha.
    Juro que ás vezes penso que o novo point do verão é aqui!
    Enfim, queria que vc fizesse um sobre restaurantes legais para fim de semana e de lugares alternativos para fins de semana.
    beijnhos

  3. Renata Guimarães says:

    Fernanda,
    Sempre passo por aqui, adoro o seu blog, mas tenho que dizer que esta nova tag é incrível. Vai ser um sucesso, porque suas dicas foram demais. Muito bem-humoradas. Mesmo não sendo muito da turma da praia, me animei muito para curtir as suas dicas de uma praia tranquila..
    beijocas, Re

  4. Marcia says:

    Oi Fernanda,
    Adoro o seu blog!!!
    Leio todo dia. Adorei encontrar um blog de uma morena, que passa o que fica legal pra outra morena. Obrigada!!
    Adorei esse post das praias, eu sou uma Niteroense que nunca foi a praia do outro lado da baia.
    Mas aqui em Nikiti eu conheço todas e elas são lindas. Venha um final de semana conhecer Itacoatiara e Camboinhas. Vc irá amar!!
    As praias do povão aqui é Itaipu, Charitas e ainda acho que Piratininga esta nesse rol do frango com farofa. Mas a vista é linda de lá.
    Bjs
    Marcia Barbosa

    • Fernanda Alves says:

      Pois é… só me lembro de um verão em que passei em Piratininga com a família (e a farofa) toda! Já tem uns 10 anos, então fica difícil avaliar. Mas sou louca para conhecer as outras praias de Niterói! E comer um peixe em Jurujuba, dizem que é ótimo!
      Bjs

    • Jana Rosas says:

      Camboinhas também é melhor ir durante a semana né? Passei muitos verões lá quando era pequena. O mar às vezes fica uma piscinaaa! Ai que saudadinha… ^^ É uma praia ótima! Super recomendo também, mas cuidado com a farofa. Pelo que me lembro também rola lá no fds.😛

      • Mariana says:

        Pois é, pois é: praia em Nikiti é tudo de bom (tanto que me sinto meio ET, pq nuuuuunca vou à praia no RJ), mas Camboinhas no fim de semana é uma farofada sem fim… E Itacoatiara é praia mais linda do mundo, mas há que se acordar cedo, senão, nada de vaga pro seu carrinho. Enfim, acabo indo em Camboinhas no fim da tarde, quando encontro alguma sujeirinha na areia, mas uma concentração aceitável de farofeiros, barulhentos, descoloridoras de pelos e afins.
        bjos!

  5. Camis says:

    o que mais amei foi a versão em inglês ahahahahaha demais!
    beijos e sucesso na nova tag

    ps. só vou na prainha/recreio/posto9 (em ordem de preferência).
    pps. concordo com TU-DO que disse sobre os sem noção kkkkkkkkkk

  6. Catarina says:

    Eu devo ser muito mal-habituada, porque DETESTO praia com muita gente. E quando digo muita gente, digo no máximo umas 20 pessoas. Isso já me deixa mal-disposta. Como aqui em Moçambique há praias maravilhosas e quase desertas, sempre passei férias em que era só eu, meus pais e a minha irmã. E isso é MUITO bom. Mas este ano fui para praias CHEIAS de gente a fazer churrasquinho, com o carro (sim, eu disse o carro) na areia da praia, com a música a altos berros e a atirar latas e garrafas para as dunas…sinceramente? Prefiro fazer uns 60km em terra batida para ir para uma praia bem linda e deserta, do que aturar gente mal-educada!

  7. Jana Rosas says:

    A-do-rei! Sou meio fanática por esses posts tipo guia. Tenho até uma tag assim lá no blog também, mas como sou uma menina itinerante, falo de Salvador também. rs O último post foi sobre Réveillon em Copa.
    Essas coisinhas que pra gente é normal (tipo praia de Copa = nheca), as pessoas que nunca vieram às vezes nem fazem idéia e podem se meter em roubadas. Achei de muita utilidade o post e muito bem construído. Parabéns, Fer.😉
    Ahh, e agora tô me coçando pra conhecer a Prainha! Já tinha ouvido falar, mas por ser longe nem me animava. Agora que vc falou que é o paraíso da não-farofa acho que vou amar. Huahaha. Sempre vou a Ipanema durante a semana pq é minha paixão, é mais perto tbm e tal, mas é bom conhecer lugares novos. Como é o mar da Prainha? Doido que nem o de Ipanema (um dia só tem marola, no outro é morte certa) ou mais estável pra brabo ou calminho?

  8. Lola Farias says:

    Posso dizer? Eu amei muitoooo esse guia, engraçado e útilll!!
    Só fui ano passado para o Rio, passei dez dias em função de Fashion Business e Rio-à-Porter. Aproveitei um dia de praia, e fui pro Posto 9, mas era dia de semana, então estava bacana hehehe.
    Fê quando eu for de novo, de turista e não a trabalho vou de chamar de guia e cia😉

    Beijo flor!

  9. Nayara Ataide says:

    – Oii Fê😀
    Sou de Petrópolis, e ultimamente com esse calorão que tem feito até aqui (olha que aqui é um pouco dificil ter um calorão desse) segui sua sugestão e visitei a prainha no fim de semana.cara, que lugar MARAVILHOSO, de verdade, muito lindo mesmo! tranquilo, calmo, as pessoas educadas, tudo ótimo! e eu achava que gostava da barra, mas agora apaixonei na prainha. adoro seu blog e visito sempre.
    beeeijos

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s