Já ouviram falar da tal Equipment?

(extraído do blog da Garance Doré)

.

Sucesso nos anos 80 e 90, a camisa Equipment foi criação de Christian Restoin, que vem a ser ninguém mais ninguém menos que o marido de Carine Roitfeld, toda-poderosa da Vogue francesa. Tá todo mundo falando dela por aí, e eu não vou ser mais uma a repetir (até pq o Fashion Gazette já fez o melhor post sobre o assunto, esse aqui. Recomendo!). Direta como eu sou, vou logo aos finalmentes: a camisa é ótima.

.

 ♥ Ela é ótima para quem, como eu, trabalha em um ambiente corporativo, mas não curte camisa social – ela é larguinha, feita de seda e, por isso, naturalmente elegante e confortável!

 ♥ Ela é ótima para quem, também como eu, sofre numa cidade quente – sente a finura da peça!

 ♥ Ela é para quem, como eu gostaria de ser, gosta de um ar mais dama da sociedade com peças atemporais, sabe? Pq pode, perfeitamente, ser encontrada no armário da mamãe ou da titia.

Então é simples, colegas shopaholics: eu quero uma.

.

.

Mas é lógico que eu não quero necessariamente uma Equipment. Eu não sou tão ligada nesse negócio de marcas (não desejo uma itbag, por exemplo, preferido 10 bolsas sem nome), então serei muito feliz se encontrar uma blusa social nos moldes da Equipment. Ela precisa:

  • Ser larguinha (pode ser um número maior que o meu);
  • Ser fininha (pode ser de seda, cetim ou mesmo um algodão fininho ou chifon);
  • Ser clara (quero creme, branca ou nude);

Sou fácil de agradar, né?

Vocês que pensam.

Rodei várias (várias!) lojinhas do Centro e nada. Madame Ms, Charming, Missiva, todas essas que vendem roupas sociais. Neguinho me olhou com aquela cara de “sua alienígena!”, de um jeito muuuito parecido com quando eu comecei a procurar saias de cintura alta há coisa de 3 anos ou 4 anos atrás.  Cintura alta, sua louca?!

.

Então tô nessa busca, minha gente. Fazer o quê? Coloquei na minha cabeça que é tipo a roupa ideal pra mim. Ainda mais depois de ver a quantidade de looks bacanas que a Lucy Laucht faz com eles – aliás, vou fazer um post só sobre ela, eu estou completamente apaixonada por essa blogueira, vou mandar declaração de amor e tudo!

.,.

P.S.: Também aceito qualquer modelo desse post da Emily, do Cupcakes and Cashmere. Jabô me encanta, gente. Vou me vestir de secretária dos anos 70 na próxima estação.

Alguém já encontrou por aí?

Advertisements

27 thoughts on “Já ouviram falar da tal Equipment?

  1. Izis says:

    Oii!! Também gosto bastante dos estilos montados com a blusa. Acho que você poderá encontrar um modelinho semelhante na Renner.
    Abçs,

    Izis

  2. Mari Almeida says:

    Essa da Zara chegou aqui sim, mas é de uns 2 anos atrás. Pelo menos é um modelo beem parecido, e vinha com um cinto de tachinhas.

    Comprei numa liquidação por 25 reais cada (tenho essa nude rosinha e uma azul). 🙂

    Acho que na Renner pode ter alguma coisa desse tipo, mas ultimamente tô achando lá tão caro!

    Beijos!

  3. Fernanda Guimarães says:

    Oi, Fê.

    Sempre entro no seu blog, me divirto MUITO com seus textos inteligentes, com humor na medida e, principalmente, bem escritos (leia-se: sem erros de português). Estudei com você na PUC e algumas – muitas! – vezes pegávamos juntas o 438 via Rebouças (baratão vermelho). Quase sempre eu viajava (ahahahaa… loser, viajar para a PUC) na frente, conversando com o Claudinho, trocador… ahhahaa. Good old memories.

    Bom, resolvi escrever só hoje porque acho que posso ajudar, além de ter sido uma BAITA COINCIDÊNCIA você ter postado sobre o assunto, quando estou usando a minha peça.

    Adquiri uma dessas camisas de seda, levinha, linda, clara (off white, pq não existe mais branco) na semana passada, em uma SUPER PROMOÇÃO da Shop 126. Não estou mentindo, a minha camisa saiu por inacreditáveis R$ 38,00!!!!! Ela não é tão comprida quanto nas fotos, tem botões furta-cor (coisa linda de se vestir) e dois pedaços de pano, caídos, formando um babado (sabe como?!), que podem ser amarrados, usados como gravatinha, soltos, presos, etc.

    Diz… utilidade pública.

    Corre lá, ainda deve ter (comprei a minha na loja do Shopping Tijuca, era a última, mas no Centro tem Shop, na Pça Saens Pena, enfim, no Riosul…).

    Boa sorte e beijinhos,

    Fernanda Guimarães (ex-PUC)

    • Fernanda Alves says:

      Utilidade pública é POUCO, Fê!!

      Blusinha hype na Shop 126 por R$ 38 é uma frase que eu nunca pensei que iria ouvir. e esse paninho que vc falou é um jabô? Me mata do coração, me joga pela janela desse préééédio! Estou enlouquecida. Ia malhar na hora do almoço mas acho que vou sair pelo mundo desbravando todas as Shop 126 que encontrar pela frente.

      AAAAAAAAAAAh

      • Fernanda Guimarães says:

        ahhahahaa… Super boa sorte na caça. Espero que você ache – e que goste, principalmente!
        Mas vê isso depois do trabalho, vai malhar na hora do almoço! Não desanima! rs.

  4. Bia says:

    Fe querida,
    Eu fiquei nessa mesma busca enlouquecida, criei até uma pasta “Camisa molinha” no meu computador! rsrs
    Encontrei a minha, exatamente do jeito que vc quer, na Zara, há uns 2 ou 3 meses. Ela é de seda, por isso um pouco mais cara, mas nada absurdo. Valeu o investimento!
    Tinha em bege, quase branca, e em nude.
    Realmente é tudo, linda, chique e fresquinha!
    bjs

  5. Fabi says:

    Olha, Fê, tenho algumas camisas de seda e todas tiveram origem em um mesmo lugar onde, para adquirir coisas,é preciso que a pessoa tenha um espírito aventureiro aguçadíssimo e ZERO, eu disse ZERO apego a primeiras impressões.

    TRata-se de um “refugão” localizado na primeira quadra da Rua da Alfandega, próximo ao camelódromo. Não sei o número ao certo, mas entrando pelo camelódromo, como já disse, ela vai estar à sua esquerda. Tem uns restaurantezinhos safados, uma loja que vende peças de biju, uma portinha pequena onde sempre fica alguém vendendo guarda-chuvas e esta tal loja de roupas que sempre põe umas araras na calçada e cujas roupas que ficam expostas na porta dão vontade a qualquer pessoas mais covarde (ou alérgica – a loja é mega empoeirada) de sair correndo.
    Acontece que se você respirar fundo e entrar com um espírito embuído de curiosidade, vai se deparar com uma IMENSA PILHA DE CAMISAS DE SEDA DE TODOS OS TAMANHOS, CORES E ESTAMPAS bem em frente ao balcão para pagamento.

    Algumas observações necessárias:

    1. Critério. Apesar de estarem descritas como “camisas de seda”, nem tudo lá de fato o é. Existem também camisas de cetim e poliéster, por exemplo. ainda assim, há bastantes opções em seda na muvuca e muitas peças de outros materiais também valem o investimento.
    2. Paciência. Ao contrário do que possa imaginar, tem muita coisa pavorosa. Sempre dou umas incertas por lá, mas existem vezes onde saio de mãos abanando. Nem sempre o garimpo é bem sucedido, mas, afinal, é o risco do negócio, não?
    3. Olho vivo. Eles não realizam trocas e parte das peças lá expostas eram mostruários de lojas, muita coisa vinda da China/Taiwan. Existem peças manchadas e danificadas. Alguns probleminhas são fáceis de resolver, outros, insolúveis. É preciso avaliar.
    4. A maior parte das coisas é vintage, então tem peças que após uma leve customização podem se transformar em algo super original e único para ser usado por aí. Já comprei uma bermudona de seda azul naquele tom “azulejo português” deslumbrante que depois de uma boa bainha da moms virou uma bermudinha alfaiataria linda linda! É preciso olhar e visualizar o potencial da peça.

    5. Preço. Para mim, a parte mais atraente. Já peguei épocas de R$1,99 (SÉRIO!!!), R$5,99 e no auge da inflação, R$9,99. Juro. O meu pensamento é que por esse preço, dá até para comprar e se arrepender… rs.

    É isso, gente. Esta loja é um dos meus “tesouros”. Não se enganem: você dificilmente vai chegar e já encontrar a pepça dos seus sonhos de cara. Tem que revirar, revirar, revirar, mas quando você acha algo legal, vale muito a pena. trabalho em uma empresa super formal e tenho várias peças que quando uso, sempre perguntam de onde é. Teho um blazer de linho branco que amo, camisas de alfaiataria (das quais 3 seda – uma delas com estampa de python!) e minha última aquisição foi a bermudinha mencionada acima.

    Espera que renda a algumas de vocês a tão sonhada camisa de seda!

    Beijos – desculpe! escrevi demais… rs

  6. Fernanda Alves says:

    Gente,
    Já falei que tenho as melhores leitoras do mundo??

    Vou fazer um tour e passar pela liqui da Shop 126, depois vou na Zara, e ainda vou tirar um dia no Saara pra chafurdar nessa loja que a Fabi maravilhosamente indicou.

    Vocês são simplesmente MARAVILHOSAS!

    beijocas

  7. Raquel says:

    Eu tenho duas! Uma rosinha e uma listrada, as duas são longas. Elas são de algodão beeeeeem fininho e eu comprei na Zara, mas foi noutro país. Meu, eu vi tanta gente usando quando viajei que acho impossivel a Zara não vender aqui! Ah, e foi bem barato, uns 12 euros…

  8. Ana Maria says:

    Oi gente…por coincidência consegui achar uma camisa de seda na Zara daqui de BH por 80 reais, estava escondida numa arara de promoção, junto com outras camisas…nem olhei se tinha mais…peguei a minha, experimentei e levei…amei !!!

  9. Bruna says:

    Menina, tava pensando nessa blusa ontem!Na verdade nem sabia o nome do modelo, só queria uma blusa levinha semi-social e a imagem veio na minha cabeça. Não procurei ainda.Espero q eu encontre aqui em Salvador 😛

  10. Luiza says:

    Olá Fernanda,

    Não sei se lembra de mim, mas fiz uma matéria na pós da ESPM (comunicaçao interna) com vc!
    Bom, uma amiga minha me indicou o seu blog e desde então sou sua fã!
    To nas zoropa fazendo pós ( agora a pós inteira e não uma materia hihi!) e aqui essa blusinha é tudo q se pode pedir nessa vida!! Vai bem com tudo! E com aqueles casaquinhos compridos sem manga? Um lindeza!!
    Então, gosto de moda e vc tb! Acho q podemos trocar algumas figurinhas, né?

    Beijinhossss

  11. Izabel Cristina says:

    Oi Fê, adorei o post…e já fiquei louca por uma tbém! Acho q essa é a primeira vez que comento. Adoro tudo por aqui viu. bjus e vc é uma linda!

  12. Pritty Faria says:

    FÊ!
    Tô super na pilha de ir nesse refugão da alfândega q a menina disse.. kkkkk…
    Conta ai se vc foi e achou!
    Eu to preocupada de nao achar a loja..
    E ó… Trabalhamos provavelmente perto.. podiamos marcar umas andanças por aí nehhh!
    Me manda email ou me dá o seu caso queira uma compania pros garimpos na hora do almoço… kkkkk
    Bjus

  13. Janira Borja says:

    Oi Fê! Comprei uma pra mim, desse jeitinho mesmo: os bolsos quadradinhos, soltinha, e feita de um algodão beeeem fininho (eu uso até com uma regatinha por baixo, mas acho que rola só sutiã tb) e com botões de madrepérola (meio furta-cor tb, deve ser igual à que Fernanda Guimarães falou)… Foi da Zara, deve ter uns três, quatro meses, por R$ 119. Capaz de vc achar agora nas promoções. Ela é PERFEITA e quero usar com tuuudo.

    E comprei também na uma outra na C&A, com listras azuis bem pequenininhas (tinha com listras azuis ou beges)… Não é tããão “equipment”, mas é o mesmo conceito, sabe: bem fininha, soltinha, e com jeito de camisa masculina.

    Como tô indo pro Rio agora comecinho de fevereiro, vou lá nessa loja que a Fabi indicou. Parece que é tudo de bom, né?!

    Beijo e boa sorte na sua busca!

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s