Comendo (horrores) em Buenos Aires

Vamos falar uma verdade aqui, pra ninguém se sentir iludido? Vocês estão lidando com campeões aqui. Digo, eu e o namorado. Campeões. Quando o namorado pede o cardápio e lê que o prato é pra dois, ele me mata de vergonha quando pergunta ao garçom mas pra dois fracos ou pra campeões? Pra ele saber com quem está lidando. Então é isso, sem falsa modéstia: a gente come muito. Come bastante. A gente janta. A gente almoça. Então Buenos Aires teve que se preparar pra receber a gente.

Isso dito, segundo a nossa avaliação:

* Os argentinos tem muito a aprender com o nosso pãozinho francês. Sério. Os caras sempre oferecem um pãozinho com manteiga como guarnição, mas é um pão duro como um pau. Duro mesmo. E não digam que podia estar meio velho ou coisa assim, pq TODOS os restaurantes que fomos desconheciam o sentido de miolo fofinho;

* Talvez seja por isso que eles comam medialunas no café da manhã. As medialunas são como croissants, só que mais fofos e meio docinhos. Eles muitas vezes são servidos puros no café (ninguém avisou que pãozinho com manteiga derretendo está listada entre as maiores maravilhas gastronômicas??), ou então no formato de sanduíche, como queijo ou misto quente;

* A galera também precisa conhecer o sentido de guarnição. Quase uma regra pra nós brasileiros, a guarnição muitas vezes deve ser pedida à parte por lá. Então, quando você ler no cardápio Bife de Lomo, acredite, vai vir só um bife pra você. No máximo acompanhado de um molhinho chimichurri, uma mistureba de ervas muito saborosa;

* Vinho é realmente barato, mas olha, se você é totalmente ignorante como nós, saia com uma listinha do Brasil (ou peça uma cerva). A gente volta e meia pedia indicação dos garçons e recebia uns vinhos beeeem mais ou menos.

Ok. Agora vamos ao guia.

.

.

Agora vocês querem ver o que é bom? Esses são os lugares que indico para se comer em Buenos Aires:

.

.

Freddo

Todo mundo fala do sorvete Freddo, e eles tem razão. A rede de sorveterias domina a cidade, está em todos os lugares, e é muito gostosa. Mas olha, se vc tá achando que é frutare, se engana, pq barato não é. O potinho com duas bolas custa $21 pesos, o que dá uns R$10.


Sabores preferidos: chocolate com amêndoas e maracujá (não o mousse de maracujá, que é enjoativo).

Localização: um em cada esquina. Sério.

.

,

.

.

,

O melhor choripan do mundo

Tá, o nome não é esse, mas os infinitos papéizinhos grudados na parede assim o batizam. Gente do mundo todo vem conferir esse pequeno boteco, com uma churrasqueira modesta operada por homens de mullet (e quem não tem, nessa cidade??). Lá, você come 1/4 frango, morcilla (aquela linguiça preta que aqui chamamos de chouriço), vacío e o inesquecível choripan, que nada mais é do que… pão com linguiça. Delicioso. E os atendentes não tem frescura, assim como os visitantes (ofereceram carne do prato deles pra gente provar, ahahha!). Peça uma Quilmes (ou uma Isenbeck, que eu prefiro) e seja feliz.

Localização: Carlos Calvo com Defensa, na saída do Mercado de San Telmo

.

.

.

Desculpa pra mostrar o namorado lindo. LINDO!

.

E sexy!

.

A. Melhor. Carne. do. Mundo.

.

Don Ernesto

Quando eu digo que San Telmo é o meu bairro, não é somente pelas lojinhas e pela feira (alocka da feirinha ataca novamente!), mas pela série de restaurantes que você encontra por lá. Se Puerto Madero é caro (e como é) e Palermo não aceita cartão (sério, rodamos os barzinhos à noite, e quase ninguém aceita cartão), em San Telmo você não tem nenhum dos dois problemas. Por cerca de R$ 25, você come essa carne maravilhosa, que o garçom cortou com uma colher. Deixa eu repetir pra você: com uma colher. Se você não é campeão como nós, pode dividir. Ela é GIGANTE. Tente ser atendido pelo garçom Gustavo, que adora brasileiros e indica as melhores opções no cardápio (parece que os frutos do mar também são ótimos!)

Localização: Calle Carlos Calvo, 375

.

Conheça também: Desnível – Defensa 855 (fui lá na primeira viagem a Buenos, é muito bom). As carnes são ótimas e já acompanham batatinhas.

.

.

Café Havanna

Você já conhece os alfajores, mas chegou a hora de conhecer o café. O lugar é charmosinho e é uma boa opção para uma parada no meio do dia para descansar as pernas e usar um banheiro decente. Não é barato, mas as opções são bacanas. O namorado pediu uma espécie de capuccino que vinha LOTADA com pedaços de chocolate. Uma delícia. Eu tomei um chá. Adoro chá.

Localização: há cafés na cidade toda.

.

.

Agora, a parte triste…

Decepções de Buenos Aires

.

.

.

.

El Cuartito

É agora que voam as pedras? hahaha. Todo mundo AMA o Cuartito, o lugar é realmente muito pitoresco (as paredes são cheias de capas de revistas e ídolos argentinos, principalmente do futebol e do cinema dos anos 50 e 60), mas a pizza… era gigantesca. E tinha muito, mas muito queijo. Vejam na foto. A gente tirou dois pedaços da pizza e o espaço foi praticamente todo preenchido por queijo. E, acima do queijo, ainda tinha mais uma camada de massa! Muito bate-entope pra mim.

Pra piorar a situação, o garçom indicou um vinho péssimo, doce demais.Mas pode ter quem goste.

Apesar disso, me disseram que as empanadas são muito boas. Mas não cheguei a experimentar.

Localização: Talcahuano, 937

.

Siga La Vaca

Todo mundo me falava dessa churrascaria e, na minha primeira viagem a Buenos Aires, fui conhecer. Achei uma bosta. Fomos super mal tratados, não tinha mais carne, o bufê estava todo revirado. Quando reclamamos com o garçom e pedimos para chamar o gerente, ele fingiu que ia chamar e sentou pra conversar em uma mesa próxima!! Ao finalmente conseguirmos falar com o gerente, ele disse se não gostaram, podem ir embora. Assim, simples. Lógico que fomos.

.

E aí, gostaram do mini-guia? O próximo post é sobre passeios ao ar livre, pra queimar essas calorias aí!

32 thoughts on “Comendo (horrores) em Buenos Aires

    • Maíra Anjos says:

      ps: COMER É UMA DAS MAIORES FELICIDADES DE MINHA VIDA! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

      juro, aí vão pensar… é por isso que é gorda! kkkkkkkkkkkkkkkkkkk
      SIM. No dia a dia eu me policio mesmo, porque se deixar como CHURRASCO TODOS OS DIAS. EU AMO CARNE. pronto. kkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  1. Fer says:

    ah, não! xingou o Cuartito, não entro mais aqui! *sai ofendida batendo porta*

    poxa, queria ter entrado aqui a tempo de te indicar o Guido’s Bar, a.k.a. “O Melhor Restaurante do Mundo” (na minha opinião e na do excelentíssimo sr. Marido, claro). fica pra próxima! (e não me deixa esquecer de te falar nele, hein).

    beijos!

    PS: esse post me deu fome, é quase meio dia!

  2. Fernanda Guimarães says:

    Oi, Fê.

    Amei as dicas gastronômicas de BA. Estou marcando minha ida em junho e, como também sou CAMPEÃ, anotarei tudo e tentarei conhecer os lugares indicados.

    Só tenho um comentário sobre pães… rsrss… Como você, pensava que os pães brasileiros eram imbatíveis, com aqueles miolos fofinhos. Mas, depois que fui a Paris, percebi que nossos pães são, na verdade, grandes enganadores, visto que os miolos não completam o pão inteiro… ficam “voando” dentro da casca. Os famosos pães franceses são duuuuuros demais, mas é justamente porque os miolos fazem parte dos pães, sabe?! Aquela coisa deliciosa, como se fosse um recheio. Muito melhor que os nossos!

    Enfim, essas foram minhas considerações – sem importância – sobre pães… aaahaha.

    Beijinhos

  3. Julia Guedes says:

    Não creio que você foi numa pizzaria decepcionante e não foi na do Tio Felipe que eu indiquei no outro post! Esse eu podia garantir que não tem como não amar!

    Adorei a dica da carne cortada COM COLHER (sério, quão mágico é isso?). Eu e meu namorado sempre falamos de voltar pra Buenos Aires, sua listinha de indicações já está marcada aqui!🙂

    • Fernanda says:

      Foi mal, Ju!
      Mas é que o namorado nem gosta muito de massa, na verdade. Aí arriscamos uma das dicas, ele não curtiu e não quis mais ouvir de pizza durante a viagem, hahaha

  4. cnsilva says:

    Muito bom o seu serviço de guia, Fê. Mas, sobre o pão, maridão e eu tb estranhamos no começo, mas na verdade, é o pão aqui no Brasil que é sem vergonha, vazio, cheio de bromato. Esse pão que eles servem lá é mais próximo do pão caseiro, mais rústico e por isso mais honesto, cheio de farinha de trigo mesmo. Por isso ele fica assim duro, porque tem “sustança”. Um pedaço de pão desse por dia acabava com a fome no mundo. rs

  5. Luciana says:

    Que legal seu guia… eu fui uma vez em BA e aAMEI aquela cidade.
    Aliás se fosse p/ escolher no MUNDO uma cidade pra morar… de todas que já conheço, Buenos Aires seria minha opção.
    Bjs
    ★.•*¨)★.•*¨)¸.•*¨)
    (¸.•´¸.•*¨)★.¸.❤❤Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ ♥ ♥ (¯`•´¸.¸.☆¨¯`♥¸¸.¸.☆❤ •´¸.•*´¨) ¸.•*¨)★
    Bjs :-*
    Luciana
    http://www.bazardaslulitas.blogspot.com

    “A beleza de uma mulher não está nas roupas que ela veste, no corpo que carrega, ou na forma que ela arruma o cabelo.
    A beleza de uma mulher deve ser vista pelos seus olhos, porque essa é a entrada para o seu coração, o lugar onde o amor mora.”

    (¸.•´¸.•*¨)★.¸.•´¸.•*´¨) ¸.•*¨) ¸.•´¸.•*´¨) ¸.•*¨)★

    • Cintia says:

      Em relação ao Siga La Vaca concordo plenamente achei bem ruinzinho esse restaurante, sinceramente quando fui a BA não consegui achar grandes coisas na carne, somente em Bariloche que realmente pude experimentar e comprovar como é boa a carne argentina. Frodo apesar do preço realmente vale muito a pena ir, e não só o sorvete, os lanches de lá são deliciosos. Em relação a comprar o que mais gosto na Argentina é o Dutty Free de lá que é maravilhoso, em relação ao do Rio de Janeiro dá de 1000.

  6. Emilia says:

    Fe, eu não acredito que vc foi no Cuartito comer PIZZA!!! Empanadas, mulher, empanadas!!! jamon com roquefort!!!

    mas pelo menos parece que vc se divertiu e comeu muita carne! ueba!
    adorei as dicas!

    :***

  7. Andrea says:

    Concordo com você e não entendo a fama do Siga la Vaca. Do atendimento até que não posso reclamar, mas a qualidade da comida, aff, que péssima, de carregação mesmo.

  8. Ana Carolina says:

    AMEI o guia Fê!
    Já até indiquei para uma amiga minha que está indo para lá e depois para Bariloche!
    Cobicei bonito a carne, meu lado gordo amou! rsrsrsrs
    Queria saber se vc tem dicas para SP? Estou indo para lá daqui a duas semanas e queria diquinhas…
    Beijo

  9. Gabriela says:

    Gostei muito do seu post e do seu blog. Já favoritei até. Mas falando em Buenos Aires eu fui agora no carnaval. Uma coisa que eu não gostei lá é que a gorjeta nos restaurantes é OPCIONAL e nem vem mencionada na conta. Acontece que você viaja com pouco dinheiro e ter que ouvir que “tá faltando 20 pesos na sua conta” ninguém merece. Notei que nos restaurantes mais simples e baratos quase ninguém dá gorjeta. É sério. Entrei em um totalmente por acaso, mas de comida ótima e barata e nele as pessoas não davam gorjeta e ok.

    Vc falou do atendimento que foi péssimo e uma coisa que eu notei lá é que muitos argentinos são desconfiados e meio grossos até. Sei lá… Não que eu esperasse um povo simpático como o brasileiro, mas já viajei pra outros lugares e as pessoas eram mais simpáticas. Outra coisa é que os homens sempre tão falando gracinhas pra mulheres nas ruas, uma coisa meio “cantada de pedreiro” só que em váários lugares nada a ver ! Aff! Escrevi muito né!??

    Beijos!

  10. Mirian Amaral says:

    Um dos melhores post desse blog. Ri horrores com as suas poses inusitadas, Fê. E amei as suas dicas. Quero muito conhecer Buenos Aires e com certeza, lembrarei do que li aqui.
    Obrigada pelo carinho lá no blog, amei seu comentário.
    Bjokas

  11. Luluza says:

    Detalhe q n dá pra ir pra Argentina sem voltar com caixas e mais caixas de alfajor, né não? Huahauauh!
    São 14h e eu ainda n almoçeeeeei, tu me deixou com fomeee!!
    Dá uma passada no meu blog? É novinho, começei hoje😉
    Bjos!

  12. Ana says:

    tô AMANDO esse guia, e super ansiosa pela parte dos passeios e das compras. namorado e eu pretendemos ir pra lá em agosto, então tô anotando tudinho.
    beijo, bonita!

  13. Haynna says:

    Vc não foi a nenhum dos restaurantes que eu indiquei! Que decepção! =P.

    Sinto te informar que você perdeu o melhor do mundo: La Cabrera. Não perca na próxima!

    Dizem que as carnes do Uruguai são ainda melhores.. o que vc achou?

  14. Cherry Bloom says:

    que blusa linda do seu namoradinhoooooooooo \o/

    opa to anotando tudo aqui

    eeeei essa pizza me deu agua na boca. AMO coisas com queijo, assim, tipo muito exagero, que deliuciaaaaaa

    beijo e adorei suas fotos/looks, posta maissssssssssssssss

  15. Fane Webber says:

    Muito legal compartilhar as experiências, mesmo eu quase tendo parado de ler quando citaste o Freddo, certo que existem heladerias melhores em BsAs.

    No Siga la Vaca, concordo, é uma bosta, mas parece que é a única bosta que funciona relativamente cedo (20h) no Puerto Madero, por isso é sempre cheio de turistas (brasileiros).

    Enfim, fiquei curioso pelo Choripan.

    Abraços.

  16. corporation offshore says:

    …..Toda vez que me bate uma preguica de cozinhar e quero comer algo barato vou no Cervantes II.E um restaurante que fica muito pertinho de casa Peron 1883 onde se come muito bem por um preco muito camarada. .O amibente e agradavel limpo recem pintado bem iluminado ainda que dependendo de onde se sente tem muito cheiro de gordura hehe.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s