Hoje acordei gorda*

eu nunca me considerei gorda, gorda mesmo. no máximo fofinha. sempre vesti mais que as minhas amigas, e engordei muito na puberdade. pulei do manequim de criança pro 38. depois estabilizei. mas oscilo entre ganhar e perder 4 quilos.

Estou dizendo isso pra contar pra vocês por que fui no endócrino na semana passada. Então. Tô neurótica não. O problema é que, desde que me formei na faculdade, engordei uns 5 quilos. Isso pq me formei em 2008, então faz as contas aí: 3 anos, 5 quilos. Minhas roupas de 4, 5 anos atrás não cabem mais em mim, pq meu corpo também mudou: hoje engordo nas coxas, no bumbum, nos braços. Até meu busto aumentou nos últimos anos, indo do sutiã 42 para o 44. Vestia entre o 38 e o 40, hoje estou numa situação de correr atrás do 42.

Isso tudo antes de casar/juntar, vejam bem.

.

Nada disso cabe mais em mim.

.

Parece pouca coisa, mas não é. Ainda sou muito nova e tenho consciência de que tenho que me cuidar, sabe? Vou morar com o João, vou ser muito mais responsável pelo que como e bebo, então é importante parar e verificar se as coisas estão nos eixos.

Fui no médico e ele falou que estou bem, não estou gorda nem nada, mas tenho que preparar meu corpo. Ele disse “daqui a uns 4 ou 5 anos você vai estar vivendo uma gravidez, tem que estar pronta pra isso.” Tomei um susto, sabe, mas é verdade. Acredito que por volta dos 30 meu corpo vai mudar de novo (com ou sem gravidez, muda mesmo por causa da idade), então, oi, não vou caber nas minhas roupas de hoje? Isso é muito louco.

Por isso, gente, deixa eu contar pra vocês: tenho 1,62 e peso 62kg. Meu peso ideal é algo próximo de 57kg. Viu, são só 5 kg. Mas 5kg que vão me fazer caber em todas as minhas calças jeans, coisa que não está acontecendo hoje.

Wish me luck, babes.

.

* Esse é o título de um livro muuuuito bom, da Stella Florence. Engraçadíssimo, recomendo!

22 thoughts on “Hoje acordei gorda*

  1. Fezinha says:

    Fer…assim ó: meu corpo não mudou muito com 30 não. Minha barriga ficou levemente (sério) maiorzinha, mas nada assiiiiiiim, sabe?

    Mas depois da gravidez…seu médico tá certo. Meu corpo está COMPLETAMENTE diferente, e mesmo se eu voltar ao peso (e falta 4kg prá isso), não será igual. A flacidez e a celulite me pegaram, e as gorduras hj são mesmo localizadas (cintura e coxas). Se cuida pq qd casamos a coisa piora. Fica vendo TV e filme juntos se torna coisa diária, e a comilança de salgadinhos tb rsrsrsrs! Tô contigo…preciso perder 5kg prá voltar aos 48, mas ficaria feliz com 49kg tb. Tô com 1,56 e 52,5kg. É ruim? Não…mas vai ficar caro, pq minhas roupas não servem mais rs!

    Beijo e boa sorte prá gente!!!!

  2. MArcela says:

    È tudo controle, né fia?

    3 anos = 5 kg
    6 anos = 10kg???

    Não deve star precisando de uma dieta louca de tofu e água, mas deve star precisando aprender a controlar o que se come e quando.

    Eu sou magra, sempre fui. Como muitosz legumese adoro uma salada. Troco carne vermelha por peixe sem pestanejar mas tb adoro meu biscoito goiabinha, chocolate e sorvete. Venho de uma família de obesos que eram magros qdo novos então sei que um dia vou ter que entrar numa rotina diferente que inclua pelo menos exercicios.

    Também acho que vale dar uma olhada no histórico de doenças familiares, a família da minha mãe inteira tem problemas de vesícula e de digestão lenta e eu posso te dizer que aos 25 já não encaro coisas que comia facilmente com 17. Big mac mais bata mais refri não dá, a batat fica. Leite me dá um desconforto tão grande que eu fujo correndo dele se puder.

    Além disso vida moderna envolve sempre uma gastrtite, uma ansiedade…

    Enfim, é tudo sobre saúde. Se cuidar é tentar garantir um futuro mais saudável.

  3. Hannah says:

    Estou no meu peso ideal, mas não estou gostando de perder muitas roupas, sempre fui muito magrinha, mas pós vestibular eu fiz “puf” e agora minhas pernas não são mais fininhas… xD

    Será que teremos uma nova Tag? ;DD

    – está sendo uma delícia acompanhar sua nova casa

  4. Tati says:

    Fernanda, passo pelo mesmo problema que você (coincidentemente, temos a mesma altura e o mesmo peso rsrsrs). Depois que me juntei, engordei por volta de 7 kg e estou querendo muito emagrecer, mas é dificil, porque a vida a dois é muito gostosa em todos os sentidos (e se vc tem um marido que não tem tendencia a engordar e adora cozinhar, já viu o drama né!?). Mas uma coisa que eu fiz e que me ajudou pelo menos a não engordar mais foi me recusar a comprar calças tam 42. Acho que a partir do momento que você vai comprando, vai se acostumando e aí passa para números maiores fácil fácil.
    Enfim, como disseram, seria interessante, já que vc foi num nutricionista (super-responsável, parabéns!!), colocar aqui o que vc está fazendo para emagrecer, porque aí ajuda a gente tb😉
    Beijos
    Tati

  5. Maíra Anjos says:

    Bom, eu sou gorda! GORDA! Tenho total consciência disso e tá ok! Como bem, as vezes erro na conta e faço dieta. Porque né? Colesterol não pode! Mas na maioria do tempo fico bem comigo mesma. Mas acho que a gente tem que fazer o que faz bem pra gente. Se não se sente bem? entra na salada, vai correr na lagoa (sonho morar no rio pra correr na lagoa da novela! hahahhahah)… sei lá… mas faça por você!

    mas ó… eu te acho assim perfeita. hahahhaha BABO SEU OVO. ASSUMO.

  6. Paula says:

    Sempre fui magra e sou alta, 1.75. Com meus 16 anos pesava 53k ai né engravidei, fui parar nos 70k (imagina o tanto de estrias??? sim foram muitas, msm com muito õleo de banho e hidratante) me acaba no passatempo e trakinas, mas na gravidez não bebi refrigerante. Enfim depois continuei com meus 56k, mas agora que farei 25 anos estou incomodada com meu corpo, estou nos 61k, mas tenho bordinha e odeio isso, odeio mesmo!!!
    Como frutas todos os dias, como salada, refogados, como só pão integral no café da manhã, adoro granola, aveia e afins!!! Mas veja já conclui as disciplinas do meu curso (biblioteconomia) já tem 1 ano e meio, tô tentando me formar fazendo o tcc, a ansiedade domina, comer por impulso ajuda..ai já viu!
    Preciso fazer exercícios, acho que só ai já resolveria, mas agora não dá =/
    Queria voltar para os 59k pelo menos
    =)
    O problema não é o peso, é onde está concentrado sabe?
    E olha..sou igual a vc, chegada em uma cervejinha e petiscos…
    iaushaihs

    Força ai!!!!

    beijos

  7. miamix says:

    oi Fe!!!!

    menina GORDA vc? onde?????????? no branco do olho só se for!!!

    olha só vou resumir aqui uma historinha minha… eu não sou magra… nunca fui… msm no auge da minha “magreza” ainda era mais “cheinha”que minhas amigas… nunca pude por um piercing no umbigo(nunca quis na verdade) e desfilar com a barriga de fora. Eu danço e sempre dancei, mas msm assim ainda era uma das maiores do grupo. Qdo comecei a namorar meu marido ha 8 anos atras, estava no auge da minha “magreza”… me achava ok. A verdade eh q nunca me senti linda… me esforçava pra me encaixar nesse mundo “louro e magro” em q eu vivo e nunca estava plenamente feliz. Vivi assim por toda minha adolescência e mesmo depois de casada eu me frustrava. Até ouvi perto do meu casamento uma colega me perguntar se eu ia emagrecer pro casamento…Ja sofri horrores por não encontrar uma roupa que me servisse, mas de sair chorando das lojas. Assim. Até que ha uma ano mais ou menos pintou uma oportunidade de eu fazer umas fotos de nu artistico… fui la, fiz, e me surpreendi com o resultado. Nunca tinha havido alguém (além do meu marido) q me achasse bonita com o CORPO QUE EU TINHA!… foi uma experiência incrriiiiivel que fechou uma era da minha vida e iniciou outra…
    Hoje não sofro mais, e nunca me achei tão bonita… as pessoas dizem que vc melhora com os anos e eu concordo. Mas a cabeça tem q melhorar tmb… A gte vive numa era onde o mais “importante”eh ser magra. Eu acho importante (bem velha msm) eh ter saúde. Se eh por saúde, colesterol, sim… movo montanhas. Mas pra me “encaixar”??? Não… minha autenticidade, minha personalidade valem muito mais. Eu me incomodava mega de chegar numa loja e vestir 44. Mas um dia cheguei em casa, peguei uma saia 40 da msm loja e ainda servia. Esse mercado eh uma droga. As lojas mudam a modelagem pras “gordinhas” não usarem as roupas e fazerem propagando da loja tipo “cabe em mim”… isso eh o que mais me irrita hoje em dia. Se passo a loja e a roupa não me serve ou a vendedora me olha com cara de “eh não cabe”, uma pena, mas solto os cachorros, dio que vou ligar no procon e nunca mais volto na loja.
    enfim, aprendi qdo pequena, que “se vc não nasce linda e loura, vc adquire personalidade rapidinho”… hoje não abro mão dela por calça tam 38 nenhuma…
    😉

    apoio sua dieta hon!!! Vai la e se joga… só não deixa de curtir sua vidapor causa de uma blusa ou de uma saia… as coleções mudam, as roupas esgarçam,mas aquele dia que vc deixou de curtir com seu marido uma coisa boa, isso não volta mais…

    um beijão e boa sorte nesses 5kg q vc vai ver vai rapidjeeenho!!!!

    p.s desculpa o post gigante, foi meio q um desabafo…😉

  8. Vivi Brignes says:

    Oi Fê,
    Se cuida sim! Vale muito a pena paa saúde, corpo e mente.
    Eu engordei muito nos últimos cinco anos pq parei de me cuidar para cuidar da minha mãe que ficou doente, mas percebi que agora preciso me cuidar muito mais, pq eu não posso ficar doente. Voltei a caminhar. òtima dica é a pista Claudio Coutinho na Urca. Quanto mais cedo melhor. Já passei para a corrida e hoje fiz minha primeira trilha. Sempre preferi exercícios ao ar livre . E ver mar e montanha td junto é um grande incentivo.
    BJs,

    Vivi Brignes

  9. says:

    Eu tb passo por isso, vario o peso. E te digo que quando Balzac bater na sua porta vc vai ver mesmo a diferença. Antes só engordava embaixo e hoje os meus braços não me perdoam… Tenho que comer muito menos e me exercitar muito mais para continuar vestindo 40. A minha dica é: nunca, jamais compre roupa com uma numeração maior que a sua (levando em consideração a forma, ok), pois fazer enxoval de “gorda” é uma condenação para ficar oscilando na balança. Tem que ficar incomodada, sem ter o que vestir para tomar atitude. Clichês: vc é o que vc come e saúde em primeiro lugar. Não tem como fugir disso! Boa sorte, sucesso!

  10. paris eh aqui says:

    Querida estava na mesma situation, acordei de repente gorda e me sentindo monstruosa, decidi fazer a dieta dukan da noite pro dia e em duas semanas perdi tudo. Eh uma reeducacao alimentar com um comeco mais radical e eficiente. Foi a melhor atitude do ano. Eh mto tranquilo, da uma googlada aih no babado. Bjs

  11. Catarina says:

    Eu percebo isso. Por mais que eu não te ache nada gorda e super normal para o teu padrão, eu sei que tu não deves estar satisfeita com o teu peso porque não eras assim antes, tens uma outra imagem de ti. E não caber nas roupas é a pior coisa que existe, falo por experiência própria. Eu devia ser mais séria com a minha dieta, tenho consciência disso, mas sei lá…sempre fui gorda, SEMPRE. E fui engordando mais na adolescência…então é diferente de alguém que sempre foi magra, engordou e quer emagrecer…eu não tenho nenhum ideal de como eu era antes porque sempre fui gorda. E isso às vezes atrapalha…mas não me interpretes mal, eu não tenho problemas em ser gorda, sou bastante resolvida com isso, mas penso na minha saúde. O meu ginecologista já me assustou várias vezes por causa das diabetes, tensão alta e não conseguir engravidar…essa sim deixou-me bem preocupada. Então é só ter muita força de vontade e ir tentando, com muito cuidado, porque com dietas não se brinca. Bjão grande

  12. Laura says:

    Eu sempre tive problema com a balança. Nem me lembro se um dia fui magra de verdade.
    Logo que fui morar com o marido eu perdi bastante peso. A gente morava perto de um parque e sempre ia lá andar de bicicleta e correr. O problema foi que a gente se mudou e eu parei com tudo isso. Resultado: engordei tudo e mais um pouco.
    Hoje corro, literalmente, atrás do prejuízo.
    Tenho o mesmo problema que vc, engordo nas pernas e na bunda, aí não tem calça jeans que entre.

    Bjs.

    *tô lendo o livro da Stella Florence que vc citou!

  13. Loli says:

    Fe, só o fato de você ter noção do seu corpo e se preocupar com isso já é meio caminho andado. Tenho 27 anos e não aumento de peso desde os 15, 51 kgs e 1,64 (oi, sou magra mas tenho pochete, estria, celulite, mas sempre tive). Acho que o segredo é não perder o controle. Já fizeram estudos e comprovaram que quem se pesa regularmente ou tira as medidas com fita métrica engorda menos. Assim, sempre que eu vejo que aumentei 2 quilos já fico tensa e fecho a boca. Claro, tenho noção que daqui a uns anos vai ser mais difícil por causa da idade, mas aí terei que tomar outras medidas tipo fazer exercício físico hehehe.
    A questão é não se desligar.. a ponto de um belo dia se pesar e ver que engordou mais de 5 quilos “de uma hora pra outra”!.

  14. Aline Aimée says:

    Amiga, tô com 29 e o meu corpo mudou, mas não acho que é coisa natural da idade.
    Sempre fui comprida e esguia, caminhava muito e, com 24, comecei a malhar. Era bem magra e torneada. Mas aí passei em concurso e fiquei hoooooooras no trânsito e mais algumas hooooooras sentada em escritoório, e mais ooooutras assistindo aulas. Resultado: banhas everywhere. Piora o fato de tomar pílula, o que me deu vários nódulos linfáticos. Eu não acho que estou gorda, mas estou o mais pesada que já estive na vida. 1,73, pesando 66kg. Sou metade bunda, metade pessoa. Minha gordura é toda no quadril, coxas e pochete.
    Mas penso nessa coisa de engravidar e fico com medo pq minha mãe é beeem gordinha. Está nos genes.
    Meus horários dificultam muito e sou a pior pessoa no planeta pra fazer dietas. O ideal seria correr no bairro, o que não é impossível. Basta um pouco de vergonha na cara pra fugir da preguiça.
    Acho que no nosso caso o aumento de peso é reflexo do estilo de vida mesmo, e é preciso disciplina para encaixarmos o exercício em alguma parte do dia.
    Vou acompanhar sua saga e ver se me inspiro.

    Beijinhos!

    • Catarina says:

      É bem verdade isso, o peso é mesmo reflexo do estilo de vida que levamos, revejo-me demais nisso. Essa coisa de passar a vida sentada no carro ou sentada no gabinete é muito má para quem quer emagrecer. Eu faço ginástica 3 vezes por semana, mas mesmo assim sinto quando fico muito tempo no computador. Uma coisa que sempre faço é parar de hora em hora, uns 10min, para fazer algum estiramento, ir à casa de banho ou simplesmente dar uma voltinha.

  15. Emy Gonçalves says:

    Fernanda, eu tenho a msm altura que vc e estava com o msm peso… Odeio aquela banha lateral sabe? Aí marquei a endocrino que é daki a 1 mês (pra variar)… Eu consegui chegar aos 58kg ateh agora na dieta dos pontos. Sério é a única dieta que consigo manter. Vc come de td e é só manter seu limite de pontos por dia. Fica a dica. ;)Bjus

  16. Camila Fernanda says:

    Moçaaa, vc está certíssima. Eu passei minha infância entre meus 8,9,10,11 anos vestindo 46. isso mesmo 46! Dei fim em várias fotinhas dessa época. Toda reuniãosinha na minha casa tem MUITA comida. Aos 13 anos minha Mãe sentiu que a coisa estava ficando séria que não era tão lindo assim, reeducou minha alimentação, comecei a praticar corrida, dança, vôlei ( sou péssima nisso, sempre quem fica no meu time perde), enfim fui até os 14 anos naquela luta para perder peso. Aos 15 entrei no manequim 38 e hoje aos 22 permaneço nele. O engraçado disso tudo, na verdade nem é engraçado é que o meu peso incomodada mais as outras pessoas do que a mim mesmo, só sentir vontade de emagrecer quando comecei a me sentir pesada, sem agilidade. Quando estou numa fase na faculdade de muito congresso, seminário que me deixa muito tensa engordo dois, três quilos, mas perco nas minhas corridas. Agora estou pensando em entrar em alguma academia, mas não sei.
    Como uma acarajé sempre que mim da vontade depois é só não ficar paradona rezando para não engordar, não deixei de comer nada que gosto e nem dá pra deixar minha mãe é uma monstra na cozinha. Arrebenta!
    Eu desejo boa sorte para todas nós na procura do nosso bem estar.

  17. Solange Ribeiro says:

    Cara Fernanada, tô igualzinha a vc. Mesma altura, mesmo peso. Tbm necessito emagrecer. Já tive filho, uma menina, e aí o corpo muda mesmo. Sabe, se eu ainda comesse muito, até vai, mas manero demais e só aumentando!!! Vamos criar uma meta!!! rrsrsrsrs
    Acho que vou apelar para famosa dieta das proteínas purasss (só de pensar me arrepio!!). Mas por outro lado sei bem o que devo fazer: comer legumes, frutas e ao menos, caminhar coisa que não faço.
    Bjao

  18. Haynna says:

    Entendo perfeitamente,Fê! Mas EU é que sempre fui mais gorda do que as minhas amigas! Inclusive mais do que você (fora aquelas épocas em que eu emagreci, mas acabei engordando de novo depois). Acho louvável você se preocupar com isso agora, que está indo morar com o João. Eu sempre digo pra mim mesma que quando eu tiver minha própria casa, vou me alimentar melhor. Não garanto que comerei menos, porque adoro comer, mas espero comer com mais qualidade. Vi sua dieta no outro post e curti! =)

  19. jessica says:

    Me chamo jessica tenho 20 to pesando Atualmente 73 kg estou sofrendo com isso, quero muito emagrecer mas sou muito ansiosa acabo comendo demais a noite tenho certeza que preciso mas é muito dificil me sinto mal minha barriga está grande meus numeros ja estão indo para 44… nao tenho tempo para malhar, pois trabalho e estudo e faço auto escola agora, entao ta dificil oq acham q devo fazer?

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s