Quanto mais, melhor!

Eu já cantei essa pedra há tempos (alô você que também usa expressões de 1930!): depois de encher os dedinhos de anéis dos mais variados tipos, chegou a hora de voltar a nossa atenção para os pulsos. Sim, se você já teve um passado meio hippie como eu, deve ter soltado um suspiro, lembrado das pulseirinhas de tecido da feirinha, da fitinha do Bonfim, da pulseirinha do reggae (me mataaaaa!) e de todas as cordinhas escrotas que você amarrava no pulso, dava um nó cego, não tirava e deixava apodrecer (tomava banho, ia à praia, dormia, suava, e elas lá, absorvendo).

Deixe o passado no passado, amiga.

O mix de pulseiras de hoje em nada vai lembrar esse seu (nosso) passado sofrível. As pulseiras são removíveis, aleluia, irmã!  E como flexibilidade está super na moda, você pode misturar couro com pedras com prata com níquel com ouro com plástico e fazer um samba. Quem dá a dica é Leandra Medine, autora do blog The Man Repeller (o blog em si é ótimo, sobre as nossas tendências preferidas que os homens não querem ver nem a pau). Ela tem um senso fashion muito legal e eu adoro ver suas montações no Instagram. Ela sempre coloca as pulseiras (e colares) que usou, no que chama de “arm party”. Bora conferir?

.

.

Eu já iniciei um trabalho de resgate das minhas pulseirinhas não-podres de anos atrás e vou me jogar nessa tendência!

Ah, uma coisa importante!

Notem como a Leandra enche os bracinhos de pulseiras, mas é minimalista na escolha das peças – ela pode até ousar nos cortes, mas geralmente não usa estampas;

Outra coisa: se for encher os bracinhos e o pescoço, esqueça os brincos (orelha nua é bem sexy, sabiam?). Se for impossível pra você, use só uma pedrinha bem pequena.

A essência é: escolha no máximo 2 pontos de atenção no look. Podem ser pulsos + colo (mil pulseiras e outros mil colares), colo + mãos (colares e anéis), ou rosto + pulsos… mais do que isso fica uma coisa meio estranha, podem achar que você está vendendo bijoux.

.

E vocês, o que acham?

.

P.S 1.: Olha que bacana! No seu último post a Leandra fala justamente sobre o tema, em especial para os homens (será que o Ricardo, um dos meus poucos leitores homens, está lendo esse post??)

.

P.S.2.: Uma vez, quando eu tinha uns 16 anos, minha tia veio da Bahia para o Rio com os meus primos. Ela é muito figura e engraçada (beijo, Tia Inês!) como todas as pessoas da família da minha mãe (há um gene específico que faz com que todos sejam meio maluquinhos, mas vamos pular essa parte). Daí que estávamos almoçando no restaurante quando ela olhou pro meu braço e falou assim: mas o que é isso, Fernandinha?? Que monte de corda é essa no seu braço?? Tá parecendo o Erasmo Carlos, meu Deus!

.

Antecipando as tendência, mora?

18 thoughts on “Quanto mais, melhor!

  1. says:

    Adoro pulseirinhas, mas felicidade mesmo é poder tirar para tomar banho… Nunca mais aquele cheiro de cachorro molhado no braço! ;D

  2. Cherry Bloom says:

    HAhahahahah erasmo carlos!!!

    achei demais…usaria..mas acho meu braço muito fino…tudo fica sambando e me dá nervoso e tiro tudo…ainda à procura dumas que ficam quietinhas que nem essas que vemos por aí pelas fotos….hehehe

    Ps. AFLIÇÃO essa minha época de tornozeleiras/pulseiras fedorentas viu? pq a gente passa por essas coisas? haahhahahhaha

    BEIJOS🙂

  3. Aline Veloso says:

    Hahaaha! Me divirto horrooores lendo seus posts Fê, adooro! Tb já tive pulserinhas que apodreceram no braço, somos capazes de tudo na adolescência, rsrs! Ainda bem que hj temos todas as opções de combinações do mundo pra usar como quiser e que venham as críticas masculinas, ser feliz é o que importa! hehehe
    Beijo!

  4. Julia Oddone says:

    HAHAHAHAHA não consegui não rir lendo esse post!
    vejo fotos antigas minhas em festa de 15 anos dazamiga naquele vestidinho básico com aquela pulseirinha do senhor do bonfim complementando o visú hahahahah que fase!
    além claro das pulseirinhas do reggae como você bem falou, e das tornozeleiras de praia que só saiam quando apodreciam em você hauhauahua eca!
    ainda bem que tudo passa né??
    não sei se misturaria TANTO que nem ela mas eu gosto também de colocar varias pulseirinhas de vez em quando e principalmente varios colares, uns mais longos outros menores, uns só a correntinha e outros de perolazinhas, fica bem legal🙂

  5. Laura Moreira says:

    Oi Fe!
    Adoro esses mixes… mas não consigo usar! Sabe quando você coloca tudo, as vezes exatamente igual ao que vê nos outros e não orna?
    Então… acho que meu cérebro é meio bipolar, com um lado fashionista e outro careta, porque é a única explicação! hehehe

    Que bom que você voltou a postar sempre!

    Beijo, adorei a montagem com as fotos!

  6. Catarina says:

    Eu ADORO pulseiras, tenho um monte e também gosto de misturar. Ultimamente não tenho usado muito porque não é muito prático para quem escreve muito no pc…as que me mandaste são LINDAS e já usei algumas vezes misturadas com outras!😀

  7. Liliane Nunes says:

    Ai Fer, acho tão lindo que tenho até vontade de chorar quando vejo! rsrs Amo esses badulaques todo, mas sofro horrores com essas coisas. Tudo me dá alergia, brincos, pulseiras (principalmente elas) anéis. Por isso uso tão pouco. As vezes até compro uma coisa ou outra pra tentar a sorte, algumas vezes funcionam e eles ficam numa boa, mas a maioria me faz coçar horrores e me enchem de bolinhas, acabam ficando encostadas ou indo parar nas coisas da irmã. Minha pele é fresca e acho que só aceita “ôro” mesmo. Uma pena!:\

  8. Mariana Lourenco says:

    hahahhaha que post ótimo, ri muito pois me lembrou a adolescência, principalmente a parte da pulseirinha do reggae!!!!! Eu adoro essa tendencia sempre uso mil pulseiras, apesar de ficar um pouco incomodada com as pulseiras quando estou trabalhando e tiro tudo!!!
    E’ minha primeira vez aqui no blog, mas ja adore, espero voltar! Vi o outro post sobre o emprego, parabens pela mudanca, super coragem, mas se voce adora moda com certeza vai curitr, eu ja trabalhei em assessoria com producao e’ achava bem bacana! Boa sorte e parabens pelo blog!
    Beijos

  9. Mari says:

    Fernanda, lindas as suas fotos, mas vc não trabalhava 6 dias na semana.

    Trabalhava no máximo 1 sábado por mês. Então, quer escolher 6 coisas?blz, mas sem mentir, né?

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s