Brincadeira nova

joelho ralado

.

Na época da escola, eu praticava todo tipo de esporte. Até vôlei, que né, eu era péssima, eu arriscava. Mas jogava também handebol e futebol com alguma mínima habilidade. Sempre gostei de esportes coletivos, até como mais uma forma de falar bobagem para uma platéia (sim, eu falo bobagens o tempo inteiro).

Depois, quando entrei para a faculdade, soube que a minha bolsa poderia ser acumulada com uma outra caso eu entrasse para o Coral ou para o time de futebol. Como minha voz é uma bosta, parti para a segunda opção, e treinava duas vezes por semana. Não durou muito, minha habilidade era muito menor que a minha capacidade de falar besteira, e eu não fui escolhida para o time. E desde então, nunca mais joguei bola.

Uns quatro anos se passaram até que minhas amigas Rê e Tatinha me chamassem para um futiba esperto que acontece duas vezes por semana no play de uma amiga delas. Amiga essa que, advinhem, era do time de futebol da minha faculdade. Daí que eu fui ver qual era.

Quatro anos fazem uma diferença do caralho, se vocês querem saber. Até pq você envelhece quatro anos. No primeiro dia de jogo, eu fingi que precisava de uma pausa para a água quando, na verdade, precisava de um momentinho para morrer. Deitei no chão e esperei a morte. Não conseguia respirar nem levantar. Depois de uns minutinhos vi que não morri e voltei pro jogo, mas a bola parecia ter criado asas (alor galera nerd dos quadriboool) e eu arrisquei poucos lances.

Já tem umas 3 semanas que jogo e melhorei um pouco. Além de não morrer depois de 5 minutos (!) de partida, consigo parar a bola e dar passes para pessoas (às vezes), e não simplesmente chutar para onde o nariz aponta. Outro dia eu meio-que-quase driblei alguém (mas tenho dúvidas) e consegui jogar em uma posição diferente de defesa (também conhecida como “bicão pra frente quando a bola chega na área”), sem contar que me divirto horrores.

Está sendo tão gostoso jogar uma bolinha que eu mal tenho ido à academia (mentira, não vou pq não gosto mesmo) e estou pensando seriamente em comprar um meião colorido. Te cuida, Marta!

.

Tênis style totalmente inapropriado para a prática do futiba, mas muito bonitinho. É com esse que eu vou.

16 thoughts on “Brincadeira nova

  1. Mércia says:

    Nuss, na minha opinião tá bem demais…sou o tipo sedentária que no máximo joga video game(!), morro de preguiça de esportes e o maior tempo que me dediquei a academia foi 1 mísero mês.

  2. Clau A. says:

    Eu como não tinha talento nenhum não jogava, sempre fugia…assim é até hj…e academia é tortura… rs
    A brincadeira que me distrai e serve de atividade é natação, tenho planos de voltar…mas enrolando…rs

  3. Juliana says:

    Se o post é engraçado assim, eu imagino a sua atuação.
    O futebol deve ter ganahdo muitoas risadas desde a sua chegada…
    Estou louca para jogar, tenho uma amiga que joga toda quinta, mas chego em casa tão tarde que o futebol já até acabou…
    O bom é que vc se diverte e mantém o folego em dia🙂
    bJu

  4. Danielle Barroso says:

    Boooa Shopaholic!
    Já podemos te considerar a nova Marta?! Rsrsrsrssrrsrssrsrsrsrs
    Poxa,gostei muito dessa iniciativa de vocês…pra quem não gosta de academia,leia-se EU!,esse tipo de prática esportiva é uma boa pedida…ah e seu look da festa de casamento em Sampa foi o MUST,adorei,copiei e colei na minha pastinha inspiração para ocasiões futuras de luxo e glamour…kkkkkkkkk
    Bjks
    P.S.:seu blog me influenciou a criar o meu,estou um pouco tímida ainda,poucos posts,sem muita pretensão,vou deixar o blog tomar seu próprio rumo,seguindo minhas vontades,necessidades whatever….

  5. Nai Melo says:

    Oi,
    Cheguei aqui pelo blog da Naty, e já tirei o sapato, coloquei os pés pra cima a abri uma cerveja gelada!
    Pode bater sua bolinha que não tenho essa habilidade toda, pelo visto tu também não tem, mais não falta coragem, e nesse sentido sou covarde,rs
    Preciso ir alí, mais estarei sempre de volta, vou arranjar um jeito pra favoritar e não te perder, porque pode perceber que também falo pelos cotovelos e que amo tagarelas.
    Bom dia pra você.
    Beijinhos
    Nai Melo

  6. Aline Aimée says:

    como eu não sabia disso?
    hahahahaha
    adorei, fê!
    hilária sua narrativa! vc podia acumular a de jogadora com a de narradora. sério! bem mais divertida que o galvão! (mas até uma coruja cochilando é mais divertida que ele…)

    eu só sirvo pra torcer! descoordenada mor do planeta!

    que vc se divirta e queime bastante banha!

    beijo, gatona!

  7. CrisDF says:

    Essa do momentinho para morrer foi hilária. Vc é muito engraçada!!
    Sempre fui péssima com esportes, com exceção para o basquete (embora nunca tenha aprendido a fazer a tal bandeja…). Atualmente tô no time das sedentárias, mas vou sair…… em breve!!! 2012 já tá chegando mesmo.

  8. Cherry Bloom says:

    Acho que futebol era o único esporte que odiava jogar no colégio rsrsrs Não, lembrei! Basquete também!!! ARRRRG mas o resto adorava!🙂
    é engraçado essa vida de sedentarismo, né? Eu comecei a fazer muay thai e kung fu tem 1 mês. lembro que na primeira semana foi exatamente assim. ficava pensando O QUE QUE EU TO FAZENDO AQUI? PQ EU FUI INVENTAR ISSO? O QUE TEM NA MINHA CABEÇA? isso apenas no aquecimento rsrsrsrsrs Mas to amando! A cada dia mais fôlego, menos cansaço! e vamos que vamo!!!😀😀😀

    beijos e boa sorte nessa jornada! hehehe

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s