A Vida, o Universo e Tudo Mais

A história do Guia do Mochileiro das Galáxias é feita de idealismo, lutas, desespero, paixão, sucesso, fracasso e pausas para o almoço absurdamente longas.

As origens mais antigas do Guia estão agora, assim como a maioria dos seus registros financeiros, perdidas na névoa do tempo.

.

Estou lendo esse livro, o Guia do Mochileiro das Galáxias. Eu geralmente enjoava horrores no ônibus mas, como disse minha amiga Aline Aimée, tudo é uma questão de treino. Pra mim, faz toda a diferença não levantar muito a cabeça para ver o movimento da rua, e o fato de não terem muitas curvas no caminho da ida (a volta é um horror, ainda não tem como ler) e, claro, o fato de estar amando o livro, que é bobo toda vida, como eu.

.

Segundo a lenda, Hurling Frootmig fundou o Guia, estabeleceu seus princípios fundamentais de honestidade e idealismo e depois foi à falência.

Seguiram-e muitos anos de penúria e de profundo exame da alma durante os quais ele consultou amigos, sentou-se em salas escuras em estados ilegais da emnte, pensou sobre uma coisa e outra, brincou com pesos, e depois, pouco após um encontro casual com os Sagrados Frades Almoçadores de Voondon – cuja crença era de que, assim como o almoço fica no centro temporal do dia dos homens, e o centro temporal do dia dos homens pode ser visto como uma analogia para sua vida espiritual, então o almoço deveria ser: a) visto como o centro da vida espiritual dos homens e b) feito em excelentes restaurantes -, e ele recriou o Guia , estabeleceu seus principios fundamentais de honestidade, idealismo e de onde você pode enfiar os dois, fazendo com que o Guia atingisse seu primeiro grande sucesso comercial.

Ele também começou a desenvolver e explorar o papel editorial da pausa para almoço, que iria em seguida assumir um papel tão relevante na hostória do Guia, já que isso significava que a maioria do trabalho real era feito por qualquer estranho que estivesse casualmente passando pelos escritórios vazios na parte da tarde e encontrasse algo interessante para fazer.

.

A história gira em torno de Ford Prefect, um alienígena que está atualizando o Guia do Mochileiro das Galáxias (tipo um Lonely Planet, mas melhooor) e fica preso na Terra por 15 anos, sob o disfarce de ator desempregado. Aqui ele conhece Arthur Dent, um inglês que tenta impedir a prefeitura de demolir a sua casa, tudo às vésperas da demolição do planeta Terra. Daí os dois vão viajar numa nave por todo o espaço, passando por tipos bizarros e histórias absurdas. Eu estou adorando.

São cinco volumes (♥ alô sagas enormes, beijo!) e eu acabei de ler o terceiro. Vale lembrar que, até hoje, não terminei a biografia do John Lennon. Parece que as páginas se reproduzem! Socorro!

.

* Coincidência-master da vida! A Aline está lendo a mesma saga!

14 thoughts on “A Vida, o Universo e Tudo Mais

  1. Clau A. says:

    Estou lendo também… apesar de ter dado uma senhora desacelerada no ritmo da leitura o livro é sim muito bom e divertido. Me pego rindo sozinha, tentando pronunciar os nomes em voz alta, achando o ritmo das músicas…rs…tudo isso no metro, ônibus e onde mais possa pagar mico…rs

    Vagarosamente terminando o terceiro volume…rs

  2. Tamara says:

    Adoooooooooooooro O Guia do Mochileiro das Galáxias. Muito, muito bom! Mas também não consigo ler em ônibus, carro, etc.

    Beijos.

  3. Letícia says:

    O Douglas Adams é genial. Li a saga toda fora de ordem, li o 1º O guia do Mochileiro das Galaxias, aí li o segundo O restaurante no fim do universo, depois li praticamente inofensiva que é o 5º e agora to lendo A vida do Universo e tudo mais que é o terceiro. Aí só vai faltar o thanks for all the fishes. hahahaha
    Vc já viu o filme? É bom tb!

  4. Dani Cavalheiro says:

    Quero só ver, no próximo dia 25 de maio vc vai estar andando por aí com a sua toalha!

    E viva Douglas Adams, essa série é muito boa! Já viu o filme? Eu achei meio fraquinho, mas vale.

    Beeeijos

  5. Juliana Sacramento says:

    Eu comprei o 1º, mas nunca li! Sagas enormes nunca me deixam ler esse livro, primeiro era Torre Negra, depois Percy Jackson…Agora, Senhor dos Anéis! haha

    Fê, não sei se você gosta de Stephen King, mas sei que você gosta de Harry Potter e tem uns gostos literários parecidos com o meu! Então, recomendo que você leia a saga A Torre Negra, do Stephen. É a melhor série que já li, sem dúvidas!

    Beijos, Ju

    http://temnomeuquintal.blogspot.com/

  6. Nina says:

    Guia do Mochileiro é muito muito bom! =D Vale a pena aprender a ler no ônibus pra terminar a saga hehehehe Pena que eu ainda não consegui essa façanha!
    Adoro o blog, aliás. Sempre venho aqui!
    Beijos

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s