Vem ni mim com o picadim

.

(um minuto de silêncio em homenagem à filhadaputagem do wordpress, que apagou esse meu post inteirinho, e agora eu estou tendo que escrever de novo. Quanto riso, oh, quanta alegria!)

.

Amanhã é o aniversário do João, mas as comemorações começam hoje. Fui almoçar com ele no Centro e achei o lugar tão bacana que achei legal indicar aqui. Mas antes, algumas palavras de alerta:

Você está lidando com uma campeã. Com uma atleta do garfo. Com alguém que sente vergonha no rodízio – todo mundo satisfeito, e eu sempre querendo mais uma coisinha – alguém que não gosta de dividir porções. Eu. Adoro comer e não tenho frescura. Vem ni mim PFzim. Adoro PF.

Isso dito, vamos falar do Osbar. Em homenagem ao seu dono, o Osmar, que atende no balcão, tem um bigodão e, como vi num comentário deste post, é uma mistura de pirata com cigano romeno. Ele é uma pessoa constantemente ranzinza, que não aceita bife bem passado (nem pense em pedir isso lá) e que faz cara feia quando ganha gorjeta. Ou seja: já me conquistou.

.

Osmar.

.

Osbar.

.

Daí você senta no balcão (nada de mesa por aqui) e escolhe um dos pratos do dia, que custam, em média, R$ 20. A comida é muito boa, fresquinha e sai rapidinho. E aí vem o fator que me conquistou: as guarnições são ilimitadas. E você está falando com alocka da guarnição, tá? Estou sempre achando que poderia ter uma farofinha. E lá você pede quantas quiser, mesmo. Para você ter uma noção do que eu e João comemos, respira fundo e anota aí: bife de ancho com arroz com brócolis (muuuito bom), feijão (rico, da feijoada), farofa, molho à campanha, salada de maionese e legumes cozidos. E volta e meia aparecia alguém dizendo ei, vocês não vão comer batata frita?? Adoro.

.

João metendo bronca antes mesmo da carne chegar.

.

Outra coisa muito legal lá é o som. Estava tocando The Doors hoje, e o João diz que a seleção musical também inclui blues e jazz. E à noite rola happy hour, você pede uma cerveja e saboreia um sanduba. O de filé é qualquer coisa de outro mundo, muito bom.

;

Love me two times/I’m going away!

.

OSBAR – Rua Senador Dantas, 75 – Centro – Rio de Janeiro/RJ (ao lado da loja Native)

12 thoughts on “Vem ni mim com o picadim

  1. mlorandi says:

    Fernanda, mas sempre que vou ao RJ almoço no Braseirinho, ali na Glória… É sensacional… Mesmo esquema… Arroz de brócolis é vida!!!!
    Minha mãe vai se mudar para o RJ ano que vem e estou com muita inveja…hahahaha… mas estou pensando no lado bom que é sempre ter a desculpa de visitar essa maravilha que é o RJ…
    Beijos, adoro seu blog e seu humor!!!!

  2. Juliana says:

    Coladinho com o meu trabalho. Já passei muito por lá. ADORO!
    Mas acredita que nunca comi comida? Mas beber com ele reclamando da gente que está em pé na porta, isso já fiz muito. rsrsrs
    Ô ranzinza querido!
    bJu😉

  3. danialvares says:

    Aiiii, eu ADORO o o Osbar, mas conhecido carinhosamente entre a minha galera de bar do Jazz, exatamente pela maravilhosa seleção musical.

    O unico problema de lá é na saida do trabalho que LOTA e só tem mesas (sem cadeiras) do lado de fora, tem que ficar em pé. Mas entre ficar em pé ouvindo musica boa e sentada ouvindo os “funk norótico”, sou mais o Osbar hein!

  4. nelida barbosa says:

    Fernanda!
    Visito sempre o teu blog mas raramente comento!
    Mas nao resisti a este post! Esta espetacular, e concordo com o Osmar! Bife bem passado é desperdicio!

    Me deu uma fomeeee!

    beijinhosss🙂

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s