Para 2012

Dia desses eu estava no salão fazendo as unhas e lendo revistas com fofocas de dois anos atrás (o preço de uma manicure barata é ler revistas velhas) e encontrei essa entrevista com a escritora argentina Pola Oloixarac, autora do livro “As Teorias Selvagens”. O livro mistura uma série de citações de filósofos com temas atuais. Ainda não li, as críticas o consideraram super hermético e tal, mas achei a entrevista da moça tão passional que fiquei curiosa para conhecer os seus textos. Recortei um trechinho para vocês:

;

Você gosta de moda e chegou a fazer críticas para revistas. Mas para muitos intelectuais, a moda não passa de um capricho da sociedade de consumo…

Isso é ridículo! A moda é a mais vanguardista das artes. Nenhuma outra forma – seja dança, literatura ou música – permite tantas brincadeiras. Só a moda é capaz de levar tudo às últimas consequências. É um lugar de criatividade inesgotável. Não necessita cooptar ninguém. Apenas brilha, exala. Os desfiles do McQueen eram concertos de Ópera. Grandiosos, imponentes. Só gente ignorante pode achar que isso é uma futilidade.

Quais são seus estilistas preferidos?

Espera. Quero dizer mais (excitada). Existe algo supermoderno numa mulher que se veste para ser maravilhosa, é quase uma religião, um ritual capaz de melhorar não só a vida dela, mas de quem a rodeia. Uma mulher esplêndida muda uma existência toda. Converte-se em uma deusa. Ela pensa “hoje estou aqui para ser linda”. Pronto. Não precisa fazer mais nada: já melhorou a vida de muita gente. Isso tem importância política, é como um vírus, se dissemina.

.

Achei o trecho tão inspirador que resolvi usá-lo como mensagem de fim de ano para todos que passarem por aqui. Gente, tem coisa mais bacana do que se divertir com a moda? Do que colocar uma roupa louca e sair por aí se sentindo linda? Escolher suas cores preferidas em um look cheio de personalidade? Na boa, eu desejo que em 2012 todo mundo ouse um pouco mais. A gente sempre escuta que em Londres neguinho usa o que quer, que em NY ninguém encara ninguém, então, assim, por quê a gente não experimenta ser mais ousado e menos crítico com a moda? Vamos apontar menos, criticar menos, e nos divertir mais. Vamos usar chapéu. Vamos usar lenço. Vamos usar salto alto, sapatilha, bota, tênis. Vamos pentear o cabelo de um jeito diferente. E vamos nos sentir lindas.

Que 2012 seja um ano de experimentação, divertimento e beleza para todos vocês.

 
Advertisements

20 thoughts on “Para 2012

  1. Aline says:

    Tenho quase certeza de que tenho essa revista e de que li essa reportagem.
    A moça traduziu minha relação com a moda. Divertimento puro, e respeito pelo estilo alheio.
    Minha linda, ando com muitas saudade suas e desejo que vc tenha um 2012 maravilhoso, ok???
    Te adoro!

    Grande beijo!

  2. Eduarda says:

    Fernanda,

    qual é o programa que vc usa para colocar essas frases com setinhas e os balões nas fotos? Adoro o efeito!

  3. Fezinha says:

    Ééééé…é a cara do Ano-Novo esse post, Ferdinanda! Eu acho engraçado que toda vez que eu viajo prá fora, volto falando que vou usar tudo que quiser. E passo uns dias usando meias coloridas, boinas, combinações exóticas. Mas depois de uma semana sendo motivo de chacotas, olhares estranhos e comentários ferinos, eu sempre desisto e vou lá usar o que o povo aguenta ver rs! Não tem jeito Fê – sempre seremos um pouco diferentes, mas acho difícil que a gente consiga de verdade atingir o patamar europeu, de realmente se divertir sem ouvir piadinhas. Mas vamos tentando imprimir pelo menos um pouco de personalidade, né?! Seja com passarinhos na cabeça, seja com couro e renda, seja fantasiada de Audrey Hepburn como estou hoje. Vamos que vamos! Beijo e feliz 2012!!!!

    • Fernanda Alves says:

      Deve estar uma Audrey linda, Fê!

      E eu também acho que a gente não vai ser assim tão “Londrino”, mas o que importa é a vontade de ousar e a liberdade de sair na rua sem ser (tão) apontado.

      Beijos!

  4. Daniela Abreu says:

    Li essa reportagem na época em que ela esteve no Brasil para participar de uma feira literária, comprei o livro, ela, além de muito bonita, é muito inteligente.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s