Ih, gente.

Estava eu outro dia dando voltas pela C&A (vendo coisas que não posso comprar e trabalhando numa novidade que já já conto aqui) quando percebi que os shorts jeans estavam com uma etiqueta lindinha ilustrada, explicando que a peça se tratava de hot pants. Pensei que era bacana, pensei que era informação para as massas, mas aí o desenho me pareceu familiar, o traço era algo que já tinha visto por aí, e pensei, pensei…

;

a etiqueta…

.

E o desenho é da Garance Doré, gente!

do blog da Garance

.

Nasce uma parceria? Ou um processo?

Pensemos.

16 thoughts on “Ih, gente.

  1. pari says:

    PORRÃN, a C&A nem pra contratar um ilustrador talentoso? pegar o desenho dos outros na cara dura e acrescentar um óculos + tachinhas?
    amo as ilustras da doré!

  2. camille says:

    fora que hot pants não dá, né. rs. perigoso vender isso em massa. shortinho de dançar axé com nome gringo para disfarçar…

  3. Anna Kuhl says:

    Concordo aí com a Camille que hot pats é shortinho de axé com nome gringo!
    E outro dia eu falei da Marisa usando ilustrações da Angeline Mélin, aparentemente sem nenhuma parceria à vista.
    Bjos

  4. Luu says:

    Acho que a C&A não teria essa cara-de-aroeira. Ela deve ter pago pelo desenho… espero!
    Essa história me me faz lembrar do Facebook: toda vez que vejo uma frase bem escrita, sem erros de Português de alguns analfa-perfis, já sei que é copiada na cara dura!!

    • Mamá says:

      Hahahahahahahha Fato. Sempre disse isso sobre um certo ser e na época fui acusada de fazer intriga. Mas um dia esse povo escorrega e acaba o espetáculo.

      Não deu outra: Nego copiou a frase de outra pessoa e esqueceu de apagar um detalhe importante. Hahahahahhaahhhhahh

  5. Cherry Bloom says:

    ih gente babado, loucura e confusão!
    Nessa vida nada se cria não é mesmo…sinceramente nao sei o que faria rs

    Beijos!

  6. hoje vou assim off (@hojevouassimoff) says:

    Gente, nem sei se alguém ainda vai ler meu comment, mas vamos lá. Não vou defender quem fez isso, é feio roubar arte dos outros, copiar e usar comercialmente. Mas como sou prestadora de serviços, entendo que muitas vezes o cliente tem sua parcela de culpa na situação. Primeiro, por dar prazos impossíveis às agências do tipo: preciso de uma marca em 15 minutos, AGORA! E o profissional de criação fica vendido em parir algo nesse tempo ou perder a conta.

    Ou então o cliente simplesmente manda o desenho q gostou para alguém mexer, alegando que quer aquilo, blablabla, precisa pra daqui a 20 minutos, essas coisas. E a agência, mais uma vez, ao invés de educar seu cliente, fica com medo e acaba mexendo uma ou outra coisa para descaracterizar o desenho e pronto.

    Enquanto as pessoas não aprenderem sobre relação de trabalho, conversarem com seus fornecedores, se planejarem, aprenderem que marcas não são construídas de um dia pro outro, teríamos um Brasil com um bom design, como vi em Londres. Uma pena tudo aqui ter a mentalidade do “pra ontem” ou “nas coxas”.

    Beijinhos

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s