Turbantismo de fim de semana

O fim de semana foi chuvoso por aqui e a preguicite bateu. Ficamos em casa vendo tv (baixamos um filme do Clint Eastwood, muito bom, já falo), jogando videogame (no caso do João, eu sou péssima em games) e vendo vídeos de penteados no youtube (meu caso). Nessa brincadeira, que poderia ser tediosa, encontrei o canal de vídeos da Laila-Jean, uma menina de 23 anos, nascida em Gana mas radicada em Londres, e foi amor a primeira vista (quem me conhece sabe que eu tenho essa tendência de me apaixonar, procurar saber tudo sobre a pessoa, até saturar e partir pra outra). O canal, chamado Fusion of Cultures, é o máximo, e conta muito da transição de Laila, que há 3 anos não relaxa mais o cabelo. Ela tem muitas seguidoras, que fazem perguntas o tempo todo pelo youtube e pelo tumblr (eu mesma fiz uma pergunta lá, vamos ver se ela responde!), e é muito, muito criativa nos seus penteados e nos acessórios, nas roupas… Aquilo tudo me inspirou muito, muito mesmo.

.

.

.

Fonte das imagens: tumblr e instagram(@neffyfrofro)

.

Vocês devem pensar que só por ter um blog e gostar de pesquisar sobre roupa e cabelo eu já acho tudo muito normal, mas olha, não acho não. O João parou do meu lado enquanto eu via uns vídeos e perguntou: “mas não tem nenhuma brasileira que ensine a fazer essas coisas não?”, e eu pensei. “Você já viu alguém por aqui sair na rua assim?”. Alguém que não seja turista. Pois é. A gente acha mico sair com o cabelo pro alto, com um turbante, no geral eu vejo que a brasileira quer mais é se camuflar, se esconder, não quer chamar a atenção. E tudo bem não querer chamar a atenção pro feio, mas e se é algo bonito? Pq eu achei o estilo étnico da Laila-Jean muito bonito, exuberante mesmo. É brinco grande, estampa, maquiagem…sem medo! E mesmo pregando isso direto aqui no blog, pensei: será que rola de sair na rua num estilo assim?

Fiquei louca pra ir nem que fosse na padaria. E fui.

.

Com meu guardachuva de “tempo bom”!

.

.

.

.

Se vocês forem parar pra analisar, vão ver que o look em si não está chamando muito a atenção (tá o casaco é chamativo), e o foco aqui é ele, o turbante, lindo, com um brincão pra chamar de companheiro. Fui com o João tomar um chocolate quente e comer um sanduba na padaria chiquezinha que tem por aqui e lógico que muita gente olhou. Mas, numa boa? Tava me achando linda. E o namorado também. Então tirando o desconforto inicial, acho que rola de usar um visual mais étnico de vez em quando, e investir em lenços, muitos! E brincos. E acessórios e estampas. Na verdade, estou com vontade de comprar um monte de coisas.

E vocês o que acharam? Gostaram ou ficaram com vergonha alheia por mim?

.

(O post ficou tão grande que o #clássicodofinde fica pra depois, ok?)

49 thoughts on “Turbantismo de fim de semana

  1. Verônica says:

    Fê, tem uma menina aqui no bairro que anda com o cabelo para o alto sim!!! E eu a acho super-hiper-mega estilosa!!! Até já pensei em fotografá-la para o meu blog, só faltou coragem para abordá-la kkkk se eu conseguir, te envio!!! Ah, e eu também sou super a favor do cabelo natural… já fiz progressiva, que acho prática, mas ao natural recebo mais elogios kkkk adorei o seu turbante, use mais vezes!!!! bjs

  2. Ashen Lady says:

    Acho que não é bem que a mulher brasileira não quer chamar atenção, caso contrário não se esforçaria tanto para parecer sexy, acho que quando se fala em cabelo se faz uma ligação automática com racismo. A gente gasta muito tempo e uma fortuna pra alisar, baixar, domar e qualquer outro verbo que no final diz a mesma coisa: cabelo liso é o certo e bonito. Triste isso, porque ficam todas com aquele cabelinho grudado na cabeça ao invés de celebrar o natural. Mas sou otimista e acho que está mudando, tenho visto, pelo menos aqui em SP, cada vez mais mulheres assumindo o afro. Viva o cabelón!

    • Fernanda Alves says:

      Viva!
      Mas quando disse que as mulheres gostam de se “esconder” por aqui é pelo fato de todo mundo estar sempre tão igualzinho… em outras grandes capitais do mundo – Londres, NY – as mulheres pintam o cabelo de azul, usam unhas enormes, fazem turbantes… são tão diferentes umas das outras! E acho que essa diferença é algo muito rico!

    • Nany says:

      Ter cabelo crespo (ou pixaim, ruim) não é visto de forma positiva. Muitas mulheres querem seguir o padrão europeu de beleza e acabam ficando caricatas(magina uma negona, com um loiro oxigenado e cabelo esticado).

  3. Mirian Soares says:

    Fê, eu não tenho preconceitos com esses experimentos, aliás, adoro. Mas, esses penteados exuberantes e diferentes, geralmente são associados “praquelas” pessoas do meio artístico. Pelo menos, aqui na minha cidade, é assim. A galera mais comum não ousa muito, o que é uma pena. Eu acho um barato, em especial pra negras com o cabelo mais cacheadão. Minhas duas irmãs têm cabelos cacheados e eu vivo falando pra elas duas usarem uns penteados diferentes.
    Amei, seu look, seu penteado e tudo mais. Já tinha gostado quando vi no face e agora com o look completo, ainda mais.
    Bjos

  4. Jussara Carvalho says:

    Fê moro em Salvador e aqui mesmo com a maioria da população negra…poucas garotas assumem o cabelão pro alto. Todo mundo tá aderindo a chapa. Eu fiz o contrário…vim de Belo Horizonte com o cabelo chapado e aqui me assumi. Tudo bem que meu cabelo não sobe muito..rsrs mas…já é um começo.
    Bju

  5. Liana says:

    Eu ameeeeei!!!
    E concordo 100% com você. Eu não sou Brasileira e sempre morei em Salvador. E aqui tal vez se veja um pouco mais as mulheres adotar um estilo “afro”, mas muito menos do que eu esperava ver. Acho que só as mulheres ligadas ao Ilê Ayê assumem sua raiz afro sem vergonha.
    É uma pena mesmo que aqui as pessoas não aceitem as diferenças. Sinto falta de poder me vestir como eu quiser sem ser olhada como um bicho estranho…

  6. Monick Melo says:

    Fê meu cabelo é cacheado mas não crespo e sempre procuro inovar nos penteados – inclusive me inspiro em vc – faço moicano com ajuda dos grampos, faço um coque pro alto com ajuda dos amiguinhos tbm, uso turbante e sou sempre alvo de críticas mas quer saber? NEM LIGO! respeito a opinião de cada um mas respeito principalmente a minha opinião e quando gosto uso mesmo sem medo de ser feliz!!!

  7. Kate says:

    Essa menina é linda DEMAIS, agora deixa eu dar meu pitaco. Eu acho que pra usar esse estilo é preciso:

    1: ter ATITUDE, e vc tem isso de sobra, por isso estava LINDA.

    2: Não relaxar. Não é porque a pessoa resolver “esconder” o hair no turbante que tudo mais é aceito. Vc capricou nas clothes e no make levinho, agora, já imaginou lavar a cara, botar aquela roupa mal acabada e fazer o turbante? Aí fica feio… Porque fica uma coisa meio largada…

    No seu caso, vc estava lindona. Que vestidão é esse “por cima de tudo”? muito bonito e funcional, parece ter um tecido gostoso, que abraça.

    Aqui no sul perigava de eu não tirar mais do corpo de tivesse um desses.

    Ps.: teu namorido é o MAXIMo mesmo né? super parceiro.

  8. Gustavo says:

    Fe, ficou lindona. Adoro os cabelos afros, mas é indiscutível que assumi-los, mas é indiscutível que chamam muito a atenção, o que pode deixar alguns desconfortáveis. Eu tenho os cabelos cacheados e os assumi há anos. Nem me lembro mais de como era ter o cabelo bem curtinho. Com esta moda do topete “James Dean”, pregando a progressiva até para os garotos eu dei meus pulos e fiz um topete afro que atrai diversos olhares de condenação, mas como você eu pouco me importo, pq estou me sentindo lindo deste jeito!

  9. Eduarda Wandekoken says:

    Ah Fê….

    fácil vc falar e fazer, vc tem um cabelo LINDO! Não te conheço pessoalmente, mas pelo blog vc passa uma ótima impressão, contente e feliz com os cabelos soltos e cacheados! O papo sempre fica entre liso X cacheado…. Mas e os cabelos que ficam no meio do caminho? Meio puxou o pai e meio puxou a mãe? Hahaah Meu cabelo é assim e é um bosta!

    obs: que padaria chiquezinha é essa???

    Bjão

  10. Aline says:

    Linda!
    Olha o inconsciente coletivo!!! Sabendo da minha paixão por turbantes, uma amiga enviou hoje um e-mail sobre um workshop de turbantes que vai rolar aí no Rio! Juro que se pudesse, faria um bate-volta poa/rio/poa só para prestigiar!

    Beijo

    P.s. O workshop será num espaço chamado Comuna, em Botafogo. Você conhece?

  11. Sarah says:

    Tá linda! Muito estilosa! Parabéns pela coragem.
    Eu estou na famosa fase de transição… tentando me livrar de química pra assumir meu crespo. E não quero desistir!😉

    • Marcela de Vasconcellos says:

      Não desiste. Vale super a pena, você vai descobrir formas de amar seu cabelo na transição e vai amá-lo mais ainda quando estiver todo natural.

  12. Lual says:

    caraca! tá gata demais. amei o turbante!!! também quero. outro dia a cat postou no face dela vários jeitos de prender lenços no cabelo. vc viu? faz tb fê!!!

  13. Tamara says:

    Lindo, mas eu sou daquelas sem coragem para colocar o cabelo pra cima. Até porque o meu cabelo NÃO FICA! Hahahahaha Ele não é cacheado dessa forma, mas também não é liso. Daí fica aquela coisa armada e sem definição. Terrível. Tô tentando tirar o alisante, mas tá difícil. Cortei na altura dos ombros +/- e agora uso ele escovado e cacheado com prancha, sabe como é?? Fica bem legal, mas dá muiiito trabalho.

    Adorei a sua ousadia

    =*

  14. Marcela de Vasconcellos says:

    BOOOOOOOOOOOOoooaa Fernanda. Agora eu fiquei com vontade de ser zoada e olhada por meio mundo enquanto desfilo de turbante.

    E sim, te acho aloka e não consigo parar de pensar no povo da padoca olhando pra vc e vc se sentindo o último brioche da revolução francesa.

    E sim, cabelos espalhafatosos combinam muito com brincos igualmente espalhafatosos. Eu amo e tenho aos montes proque cordão me dá coceira (não alergia, faniquito mesmo). Acho lindo um brincão grande colocrido contrastando com a cabeleira rebelde.

    Bjusss

  15. Ana says:

    Acho que esse é o famoso “ficou lindo em VC, mas em MIM não combina”. Queria ver todo mundo que tá achando lindo, mandar uma foto em local “publico” com seu turbantezinho na cabeça! Rs…
    E eu vou fazer coro. Achei legal e o look básico supercombinou (não gostei do casaco colorido, achei o visual MUITO MELHOR sem ele), mas não tenho coragem de sair na rua assim não🙂
    Bjs

  16. dany says:

    oi fe!
    admiro tanto a sua coragem… não coragem por ser feio, mas coragem por desafiar olhares toscos alheios, sabe como é? sair como bem quer e pronto, sabendo que tá bonita mesmo!
    parabéns! eu gostei demais. acho que se tivesse um cabelão tentaria ousar também (meu cabelo anda tão ralinho que num enche nem um elastiquinho de silicone, aqueles minúsculos… rs…)
    e preciso dizer que AMEI o guardachuva (não sei mais como escreve direito, tem hifen? não tem mais?)
    beijos

  17. simone says:

    Ficou lindo….acho que não ficaria bem em mim…meu rosto é muito comprido…rsrs…acho que combina em quem tem o rosto oval ou redondinho…e sobretudo tem que ter estilo e nem ligar pros olhares das pessoas…eu nunca aceitei meu cabelo como ele é…vc e a Fernanda do blog” Criloura” me “ajudaram” muito neste processo…eu agora…solto…enfeito…prendo…enfim faço muitas coisas legais nos cabelos…graças as ideias legais que “vejo” nos blogs de vcs…bjão!!

  18. Andrea says:

    Ficou lindooo!! Se joga Fernanda, turbantes, cabelos para o alto, dá pra fazer bastante coisa!!
    Realmente essa busca por cabelo liso, a progressiva… olha, tenho cabelos lisos, não gosto de chapinha, escova, nem nada, só pinto com tonalizante pq os brancos apareceram rsrs, masss tenho a raiz oleosa e sem volume, no calor, lavo todo dia, inverno dia sim dia não e tenho umas ondas no decorrer do comprimento, pontas desiguais, e o frizz quando tomo banhos muito quentes… e tem que dar uma secadinha no secador, senão, fica lambido rs
    Olha, também tenho que ter cuidados redobrados, produtos de qualidade…
    Mas com o tempo a gente aprende a cuidar, a valorizar o corte adequado, no meu caso, pontas retinhas, nem pensar, quando deixo crescer, não passa do ombro, muito comprido, me envelhece já que tenho o rosto pequeno!
    A gente também sofre um pouquinho!!
    Também comecei a procurar acessórios, prender de um modo diferente, tranças, que bom que a internet nos dá mais essa possibilidade não é?
    E a gente se joga!!
    Bjs!
    Andrea

  19. lil says:

    Gostei bastante do resultado na última foto (sem o casaco)! Acho que se visse na rua também estranharia a princípio e me chamaria a atenção, afinal, nunca tinha visto antes. Mas achei que ficou sim bonito em você, e admiro a coragem por relevar os olhares curiosos.🙂

  20. Vanessa Cristina says:

    Já conhecia o canal da Laila de longa data.Eu sou o que se pode dizer de “rata de youtube”..e nesse tempo eu conheci algumas gurus de cabelo crespo beeeem inspiradoras.Gosto muito e aprendo muito!
    O lance é que aqui no Brasil vc não tem espaço pra usar e ousar com coisas diferentes assim..Mas não custa tentar..Eu adóroooo!!De vez em quando me aventuro tb e me sinto tão livre.É muito gostoso ousar.
    Vc ficou lindaaa com esse tubante e essa roupa lindaaaaa..Só não curti o casaco!Se me permite é claro.

    Adóroo seu espaço!

  21. Annanda says:

    Fernanda eu adorei o look ! E super apoio.
    E concordo com você em relação a falta de ousadia principalmente das mulheres negras em assumir o lado étnico…. mas acho que isso acontece porque não temos uma ” midia ” de negros atuantes como acontece no USA e atrasos culturais também refletem na sociedade como o todo.Acho que a população negra brasileira começou se assumir outro dia …em relação a outros países.
    Tirando o seu blog e mais uns 4 são blogs brasileiros que consigo me inspirar em relação cabelo e maquiagem fora isso fico olhando sites “gringos “.

  22. says:

    Ficou muito linda, mais ainda. Acho tão chique elegante… A gente fica nessa bobeira de não tentar coisas novas preocupadas com a opinião dos outros e deixamos de nos descobrir e nos divertir!

  23. vivisdassilva says:

    Lindona de turbante!
    Confesso que falta disposição! Há exatamente 5 anos que uso o black solto ou preso num puff :-S
    SUPERINSPIRADOR esse post, rs
    aguardo ansiosa pelo vídeo de sexta🙂

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s