Experimentei!

Olha eu aí colocando em prática aquela ideia do comprimento de saias! Esse era um modelo rejeitado pela minha mãe, que eu peguei, mas era meio transparente. Comprei uma anágua numa lojinha de lingeries (custou uns R$ 20) e agora já dá pra usar sem receber esporro do namorado, yaaay!

Nesse dia eu tirei mil fotos ao som do primeiro disco do Jet, uma banda que eu insistia em confundir com Keane. Baixei o Get Born e estou amando! Minhas preferidas são Rollover DJ, Get Me Outta Here e, claro, os singles Are you Gonna Be My Girl  e Look What You’ve Done. Dá pra dançar e pular pela casa!

Como a maioria das fotos ficou bacana, vou dar uma floodada e encher vocês de fotos!

.

.

.

.

.

.

.

Advertisements

Já sabe como arrasar no fim de ano?

Você pode passar as festas de final de ano de branco, vermelho, amarelo, rosa, não importa.

Se você tiver um acessório arrasador, menina, o sucesso é garantido!

Minha dica é a seguinte: um brincão arrasador. Dá só uma olhada como as celebs estão usando versões cada vez maiores e mais luxuosas! Vale pra quem tem cabelo curto, para quem tem cabelo longo… Você pode usar um vestido simples, prender o cabelo lá no alto ou fazer uma trança (se ele for compridão e der pra fazer de lado, melhor ainda!) e se jogar no brincão! Minhas dicas, claro, são ferdy, com preços bem bacanas para arrasar nesse final de ano!

.

Tem cheiro de retrô no ar.

Tudo começou quando eu, já lotada de colares dourados, fiquei com vontade de lotar os dedinhos também. Sou cheia de anéizinhos de prata devido a um passado-quase-ripongo, mas a verdade é que não tinha muitas opções de anéis dourados. Ao sair para procurar, encontrei umas coisas meio de senhora brega, sabe, ou então num estilo perua dos anos 90. Como não queria nem um, nem outro, resolvi partir para fazer meus próprios anéis.

O primeiro deles foi o anel camafeu, que eu vendo lá no flickr e é um super sucesso (não esperava tanto!):

.

Mas ainda queria fazer opções de anéis menores, ainda com uma pegada retrô e douradinhos. E qual não foi a minha surpresa ao encontrar, em uma lojinha no Centro, algumas opções lindas de botões antigos! Não tive outra opção se não comprá-los e arrumar um jeito de transformá-los em casa… não é que deu certo?

Assim nasce uma nova mini-coleção ferdy: Smells like vintage!

.

.

.

O nome veio de uma outra paixão minha, o Nirvana. Não que o Kurt usasse anéis, mas é que eu não queria uma coisinha retrô e imaculada, sabe? Queria anéis que pudessem ser usados juntos, sem muita frescura, e com precinhos amigos. Então ficou assim: a coleção, que começa com 4 anéis (estrelado, perolado, rosa e mandala) tem preços que variam entre R$ 8 e R$ 12. Gostaram? Para saber mais, é só correr lá no flickr.

Ferdy no Rio Etc

Quem ama nosso blog de street style brazuca levanta a mão! o/

Olha que máximo: a cliente Cláudia Bartoly caminhava toda faceira pela Feira do Lavradio quando, de repente, foi flagrada pelas câmeras do Rio Etc! Além de estar usando esse vestido lindo, a fofa ainda estava usando um colarzinho ferdy!

.

.

.

E para você que, como a Cláudia, adora um colarzinho, se joga lá no flickr! Essa semana chegam ainda mais novidades!

Um brochinho que faz a diferença

Eu adoro esse vestido. Ele é quentinho mas, ao mesmo tempo, colorido numa das minhas cores preferidas: amarelo. Aliás, qualquer dia eu falo do amarelo, essa cor tão renegada, é um tal de odeio pra cá, odeio pra lá, que essa pobre cor estaria na sarjeta, não fosse a presença incontestável em nossa bandeira. Mas fica pra depois. O fato é que eu adoro esse vestido, mas ele tem 2 problemas:

1) É meio curto;

2) Tem um decote traiçoeiro.

Então o problema de número 1) foi resolvido com uma meia bem escura (com o flash ela fica mais transparente, mas o fio é 40), já o problema número 2… questão capciosa, minha gente! Pq esse decote é fechado demais para que eu coloque uma blusinha por baixo, mas aberto o suficiente para que, num movimento mais brusco (esticar o braço para pegar alguma coisa, abaixar, etc) ele te dá uma rasteira: opa, olha um pedacinho de peito ali. E esse risco eu não quero correr, meninas, então lancei mão desse artefato que já no tempo da vovó não deixava ninguém na mãoo brochinho.

.

.

,

.

E pra quem curtiu, o brochinho é ferdy! Para ver mais, você pode dar um pulo lá no flickr.

Vestido Farm. Meia calça grafite Lupo. Sapatilha Shoestock.

Quebrando o navy… ou não

Continuo sem câmera, meu povo, por isso vou me virando com algumas fotos antigas que encontrei aqui perdidas no computador.

Nesse dia (eu ainda estava loira) eu tinha encontrado (mais) uma blusa listrada da minha mãe. Dei os gritinhos de alegria de sempre, mas achei que a combinação listrado azul marinho e branco + vermelho já estava meio batidona, por isso resolvi fazer diferente, quebrar um pouco o look navy com alguns acessórios bem girlie: salto alto, blazer com carinhas de boneca e colar de bichinho.

.

.

.

.

Aproveito para mostrar mais um item da coleção Hey, Sailor!, da ferdy. É um cintinho com a fivela mais linda do mundo! Não sei se vocês concordam, mas me lembrou algas marinhas, conchas, o barulho do mar…

.

.

Para quem gostou do cinto e quiser encomendar, é só mandar um e-mail para ferdybijoux@gmail.com. (Atenção: quantidade limitada!)

.

Saia Drops de Anis. Blusa do armário da mãe. Blazer Lucidez. Cinto ferdy. Colar Paula Veloso.

Tipo executiva phyna e rycah

Quando coloquei essa roupa hoje de manhã, a primeira coisa que pensei foi: “nossa, não achava que essa calça fosse dar em mim!”. Sim, pq foi uma das primeiras calças sociais que comprei, por volta de 2006, já na segunda metade da faculdade. Ela é mais quentinha e não tem bainha, justamente para os dias em que eu queria estar “chique” para o estágio. Junto com essa batinha igualmente jurássica (foi minha primeira leva de roupas para o trabalho, lembro que eu e minha mãe fomos no Top Fashion Bazar com esse propósito específico), compus um look que, mesmo 4 anos depois, permanece arrumadinho, chique. Aí fiquei assim, me sentindo executiva phyna, chique, e um tiquinho anos 70.

.

.

.

.

Calça social Sacada. Casaquinho comprado em brechó virtual. Bata Sacada. Sandália Santa Lolla.

.

Tava missyntindo quando cheguei em casa e meu irmão mais novo me diz: e aí, foi de Tiazinha hoje? Logo me imaginei usando máscara e chicotinho no ambiente de trabalho, achei que não era uma boa e perguntei Tiazinha, comassim? E ele: é, tipo tia. TIA. Mal fiz 25 e neguinho já me chamando de velha. Aí ferrou.

.

Em tempo: estou amando esse batonzinho novo que eu comprei! Apesar desse bocão todo, tenho um beiço pra lá de complicado, de vez em quando racha, é super seco e tal. Então esse batom da Maybelline tipo salvou! É mega hidratante, custa 12 reais, e tem essa cara de acordo assim depois do meu soninho de beleza:

.

 

Maybelline Hydra Extreme – cor 210 (Sugar Rose) e colares Anita Bunita (o grandão) e ferdy (o de florzinha).

Navy again

Tô adorando essa moda navy. Acho phyno, acho sexy, acho que tem personalidade… então estou sempre de olho em peças listradas, brancas, vermelhas, azuis. E qual não foi a minha alegria ao encontrar essa blusinha listrada na Opção por 19,90? Fica a dica pra quem quer camisetas podrinhas: a liquidação da Opção está cheia delas, com precinhos que vão de 20 a 50 reais! Tá valendo!

.

.

.

Saia IND. Cinto Renner. Sapatilha Imporium. Blusinha listrada Opção. Colar ferdy.

Vocês também estão gostando desse estilinho, ou acham muito caricato?

P.S.: Eu amo com todas as minhas forças esse cinto, com fivelão exótico, que encontrei lá na Renner no inverno passado. Alguém tem dicas de onde encontrar outros nesse estilo? Valeu!

Lembram da Lily Allen no início da carreira?

Ela ainda não tinha sido descoberta pelo Lagerfeld, nem vestia Chanel da cabeça aos pés.

Era menos phyna, mas tinha um estilinho que eu já adorava:

.

Lily

Vestidinho bem feminino, brincões e muitas bijus. Nos pés, tênis.

.

Bom, tirando o tênis (pra mim não dá, suo muito no pé e tênis só serve pra malhar ou em um dia de chuva), eu tenho tentado reproduzir esse visual da Lily com uns brincões e tal. Dia desses, numa saída pra beber com as amigas (e nos despedir da Bruninha, que está se formando em medicina e foi pro Pará ajudar uma comunidade ribeirinha. *Lindona!*) resolvi investir num look meio Lily (não essa Lily aqui, de quem também sou fã :). Vejam como ficou:

.

02-11-09_1643

.

No close:

02-11-09_1644

.

Vestido Totem, sandálias Imporium.

Gostaram?

Os brincos são ferdy, assim como o colarzinho de trevo. O outro, mais comprido, é da Madame Bijoux.

.

Beijos, gente, obrigada pelos comentários!