Easy-Rider

Comprei essa jaqueta perfecto na Myth há mais ou menos 1 mês, e não conseguia usar direito. Ficava numa paranóia de que ia me acharem *a* motoqueira, rirem de mim e etc. Paranóia mesmo, pq quando usei, esse fim de semana, gostei tanto que acabei vindo com ela pro trabalho hoje também.

A perfecto é legal tanto pra investir no Easy Rider que existe dentro de nós, quanto para quebrar o clima de uma roupa mais romântica. Vejam como:

Geral 139

Sábado: “Fernanda, então agora você é da galerinha punk rock” – Pergunta feita pelo namorado.

É, coloquei pela primeira vez minha wet legging (meeeedo), e o namorado adorou. “É lisinha, boa de passar a mão” (oba!). Então tá aprovada. Combinada com o couro (ecológico) da jaqueta, ficou uma coisa assim, meio all leather.

Wet Legging Maria Filó

Maxi T.Shirt Zara

Jaqueta Perfecto Myth

.

06-07-09_1352

Segunda-feira: “Veio de moto hoje?” – Pergunta amiga da aula da pós.

Com esse vestidinho (que me parece meio anos 80, porque tem uma manguinha meio bufante e tem essa cor, ãm, discreta. Me lembra um prom dress.

Vestido Mananciais

Meia Opaca Lupo

Peep Toe Andarella

Jaqueta Perfecto Myth

.

E aí, o que acharam? Posso comprar uma motoca?

Com o que gasto? Com o que não gasto? Pq?

Gente. Na quinta-feira, na hora do almoço, estava conversando com a minha amiga Manoela sobre nossos gastos mensais. Falei pra ela do meu planejamento que, tal qual o Rei Roberto, eu digo que daqui pra frente tudo vai ser diferente, essas coisas de gastar mais conscientemente. Daí a gente ficou pensando em que desculpas a gente dá pra gastar, sabe?

.

Tipo assim, você vai no shopping com a clara intenção de comprar uma calça. Entra na loja. Precito da calça: R$ 120. Mas aí vê um vestido maravilhoso, todo fofo, pelo mesmo preço.

“Ah, mas vestido é uma peça só. Já estou pronta”.

Daí eu levo o vestido.

aloca dos vestidos!

aloca dos vestidos!

..

.

Situação 2: Vou ao shopping querendo comprar uma blusinha maneira. Uma simples blusinha para usar com um jeans mais arrumadinho e sapatilha.

Entro na loja. A blusinha-fofinha-ai-meu-deus custa R$ 80. Vejo uma saia colorida pelo mesmo preço.

“Ah, mas a saia eu posso complementar com uma blusinha lisa de 10 reais, né.”

E levo a saia.

.

sainha

saia bapho. amo amo amo

.

E com isso, não tenho muitas blusas escândalo, daquelas que montam o visual quase todo, e o resto vira periférico. Mas hoje encontrei uma linda no fundo do armário, num dos raros momentos “hoje eu vou comprar uma blusa e ninguém vai me segurar(daquele jeito!).

carinha toooosca

carinha toooosca

Blusinha Impulsiva

.

E vocês, que desculpas usam para comprar (ou não comprar!)?

.

P.S.: Minha amiga também tem um pensamento para não comprar (coisas que herdamos das nossas mães…). Assim: você entra na loja. Vê um vestido lindo, algodão, tipo aquelas maravilhas que você vê na vitrine da Farm. Precito: R$ 300.

Ela declara (com um certo tom de pânico na voz):

“Trezentos reais, querida? Mas não dá nem pra usar à noite!!”

.

Adoro.


Moda tem tamanho?

Tudo começou com o meu desejo por leggings. Comecei a moda mal, usando aquela legging que batia no meio da panturrilha – calma, gente, pelo menos não era de ginástica! E meu namorado querido e amado proferiu a seguinte frase, só para me sacanear: “o problema não é não seguir a moda, e sim seguir a moda errado”. Fiquei com aquilo na cabeça. Sim, porque a gente escuta o tempo todo aquele negócio de “não, qualquer um pode usar, mas tem que ter bom senso”. A gente sabe que não, né mesmo?

Então. Vou assumir. Sou coxuda. Sempre fui coxuda, corria na época da escola e neguim achava que eu fazia musculação com 14 anos. Não fazia. Mas ao contrário de muitas fashionistas, que acham mais bonito perna fina, eu gosto das minhas pernas roliças e definidas. São meu ponto forte, não tem jeito.

Mas aí leio que coxuda não usa calça legging. Comassim? Legging é confortável demais, não posso deixar de usar. Experimentando aqui e ali, comprei uma de microfibra da Scala. E vou usando.

Olha eu hoje de calça legging, no trabalho. Não reparem no crachá, hahaha

Assim sigo e me pergunto: moda tem tamanho? Um limite em que, oi? Não, querida, não abusa. Sei lá. Acho que tem a personalidade das pessoas. É como eu disse antes, a moda é uma forma de comunicar sua personalidade. Tá aí Beth Ditto que não me deixa mentir.

"atenção gordinhas: não usem calça legging". Oi?

"atenção gordinhas: não usem calça legging". Oi?

E vocês? Se sentem podadas por alguma tendência? Ou se jogam no que vier?