A semana da neurose

Acho que vou decretar essa a semana da neurose.

Prazos apertados.

Ninguém cumpre o prometido.

Corpo mole all around.

Reunião do Conselho Administrativo da companhia – leia-se investidores pyka das galáxias – rolando.

E pra piorar, uma insônia de hooooras. Parece que os problemas do trabalho fixaram residência na minha cabeça.

.

Com tantas tendências obssessivo-compulsivas, era de se esperar que eu estivesse viciada em algum livro também. Estou. Chesapeake Blue é o último livro da saga dos irmãos Quinn. A história é do Seth Quinn, que tinha 10/11 nos primeiros 3 livros, e agora é um homem feito, um pintor promissor. E gato, pq não tem gente feia nos livros da Nora Roberts.

.

Então né. Cismei que o Seth Quinn é o River Phoenix.

River_Phoenix_2River gato e um bigodudo desconhecido

Então deixa eu te falar: River is dead. Mortinho da silva. E, olhando pra foto, dá pra ter noção da perda que foi para a humanidade.

O cara era amigo do Johnny Depp, então dá pra sentir o naipe da parada. Pq JD é gato high class, gente. É bonito sem prazo de validade.

Natureba da melhor qualidade, River Phoenix era ativista dos direitos dos animais e ambientalista. Também foi músico [nível de charme subindo exponencialmente], e tinha uma banda chamada Aleka’s Attic. Chegou a ser indicado ao Oscar de 1989 pelo filme O peso de um passado (Running on Empty) e apareceu no red carpet gato gato gato no seu smoking:

oscar_river

River leendo e uma mulher bizarra de acessório

.

A wikipédia também me contou que o Milton Nascimento (oi?) fez uma música em homenagem a ele em 1992 (!). O nome da música? River Phoenix Cartas a um jovem ator (oh, Wikipedia, porque mentiste pra mim??). Ele até veio ao Brasil para conhecer o fofinho Milton (tenho uma imagem do Milton Nascimento sempre gordinho e com cabelo de mola). Pena que eu só tinha 7 anos, gente.  E pena que ele morreu um ano depois, com apenas 23 anos, de overdose.

seth_quinn

.

Deprimi aqui.

.

P.S.: Acho que parei de amadurecer com uns 14 anos. Tô querendo ver todos os filmes e ouvir as músicas desse homem (só vi Conta Comigo, um clássico da Sessão da Tarde, mas ele era só um menino.)

P.S2.: Carla (Paradis), a cada dia que passa temos mais em comum! Adorei!

Wanna read this post in English?

Continue reading

Hoje é sexta-feeiraaaa

Ainda não tirei a foto do look de hoje, então vou aproveitar pra fazer algumas observações:

  • Ainda lendo Inner Harbor, o 3º livro da Chesapeake Bay Saga, da Nora Roberts. Esse é menos quente, acho. E também não me apaixonei perdidamente pelo Phillip Quinn, o publicitário espertinho, personagem principal. Mas como sempre imagino que ator ele seria (no caso de um filme-baphônico), fica a minha dica:

phillip quinn

Ryan, querido, você é meu Phillip Quinn.

.

.

Olá, estou com uma barriga ver-go-nho-sa, tudo bem?


meligaTudo bem, gata, vem fazer um exercício comigo.

.

.

  • Não vejo A HORA de chegar o fim de semana. Dar uma relaxada, dormir um pouco mais, ter um contato com a natureza…

taylor-lautner-interview-magazine-video-14Contato com a natureza???

.

Tá, era uma desculpa pra mostrar a foto do Jacob Black, Taylor Lautner pra revista Interview… e não deu pra resistir à morenice, queixinho furado e carinha de “vem cuidar de miiiiim!”...me desculpem, é a sexta, gatas!

.

Inspirem-se pro finde!

Sacodindo a poeira

Porque a melhor coisa a se fazer quando estamos pra baixo é colocar uma roupa linda. E hoje eu estou me sentindo linda. (Importante isso, né? Ficar satisfeita consigo mesma, se amar muito. É uma maquiagem de dentro pra fora.)

10-07-09

Vestido Myth

.

10-07-09_1117

Relógio Swatch

Colar de nome Cupcake

.

E os detalhes:

10-07-09_1115

Cinto Renner

.

10-07-09_1116

Sandália Imporium

.

Ah, já estou no 3º livro da Chesapeake Bay Saga, o Inner Harbor, e o irmão da vez é o Phillip Quinn. Publicitário. Gosta de vinho. Do tipo que tem-sempre-uma-respostinha-na-ponta-da-língua [mommy language mode on]. E lindo, né, pq nesses livros de Nora Roberts não tem gente feia, baby. De feio já basta o mundo real, nénão? hahaha. Então, assim, ainda não estou apaixonada por ele não, até pq não gosto de homem que fala muito (qual é a graça? Alguém igual a mim? Não vai dar certo, capaz de rolar faísca.), mas ainda estou no 3º capítulo.

É isso, gente!

.

Boa sexta-feira pra todo mundo!!!

Considerações do pós almoço

* Deveriam fazer faixas preferenciais na calçada pra quem quer andar rápido, tipo como acontece pros carros. Detesto andar devagar. E quem anda na diagonal deveria tomar multa. [tpm mode on]

.

* Eu pagaria para tirar uma soneca de dez minutos. Nem precisava ser numa cama, uma poltrona reclinável já estaria de bom tamanho. É o tipo de negócio que eu gostaria de abrir aqui no Centro do Rio, um “cochilódromo”.

.

* Já estou acabando o Rising Tides, segundo livro da trilogia da Nora Roberts.  O irmão da vez é Ethan Quinn, pescador. Infância tensa, fase adulta introspectiva. Sabe aquele cara que pensa um milhão de coisas e só fala uma? Adoro homem assim. (tá aí meu namorado que não me deixa mentir. pensamento mais rápido do que a fala.). E olha que são complicaaaados. Enfim, apaixonada pelo Ethan. E como gosto de criar scripts hollywoodianos na cabeça, pra mim ele seria o Daniel Craig (bobagem, né?)

Oi?

Oi?

* Eu gosto de comer sozinha. Gosto de sair pra almoçar com o meu livro preferido do momento, comer devagar, ver as pessoas, e ler ler ler. Ninguém entende. Hoje fiquei mais de uma hora no restaurante,  curtindo o momento. Torço pra não encontrar ninguém que eu conheça. E fico lá, pensando, viajando na minha cabeça… [não que eu não goste de sair pra almoçar com os amigos, gente. eu faço isso o tempo todo. Mas de vez em quando todo mundo precisa de um momentinho pra si]

Estou lendo

No começo era só pra esquecer Edward Cullen. Eu tinha acabado de ler New Moon e estava desolada. Foi quando minha amiga Teresa (recordista de comentários no blog? hahaha) me emprestou Sea Swept, da Nora Roberts.

Não vou negar que no começo eu chiei. Lia Sidney Sheldon quando tinha 11, 12 anos, e o estilo era marcante : todos os homens são lindos e viris, todas as mulheres estonteantes e muito inteligentes, passam pelo pão que o diabo amassou, e dão a volta por cima cuspindo em quem as humilhou. Seria Nora Roberts um Sidney Sheldon de saias?

DSC06801

Resolvi dar uma chance. Mesmo não gostando muito do epílogo, segui para o primeiro capítulo. E já chorei. E não consegui parar.

Explico:

Sea Swept é a história de 3 irmãos: Cameron, Ethan e Philip, os três adotados. Os três com um passado triste de crianças que sofreram abusos físicos e psicológicos. Mas foram adotados, em momentos diferentes, e cresceram, se tornando 3 homens diferentes (Cameron vira piloto, Ethan pescador e Phillip é publicitário), e especiais ao seu modo.

Eis que, depois da morte do pai adotivo, eles se vêem tendo que criar um quarto irmão, também adotado-e-sofrido, de 10 anos, Seth, que lembra em muito Cameron quando jovem. Sea Swept é a história dessa convivência, jogando luz sobre a história de Cameron.

.

E como eu sou sortuda, a Cheasapeak Saga tem 4 livros (!): cada um com destaque para um dos irmãos. E Teresa tem todos. E estou apaixonada, amando esse livro-drama-novela.

Oh, Cameron!

Oh, Cameron!